Lugares de Encontro – Sessão capacitação – Prevenção e Combate ao Racismo – 18 de maio

ECOS URBANOS – PROJETO LUGARES DE ENCONTRO – SESSÃO CAPACITAÇÃO – PREVENÇÃO E COMBATE AO RACISMO – 18 DE MAIO

É já hoje, 18 de maio, às 15h, que na sala terraço da Oliva Creative Factory – irá decorrer a primeira Ação de Capacitação promovida pelo projeto Lugares de Encontro, sob a temática Prevenção e Combate ao Racismo – Formas de intervenção no atendimento direto a públicos vulneráveis.
É destinado aos/às técnicos/as de intervenção social do concelho e parceiros do projeto, mas é aberto a toda a comunidade. Promovido pela Associação de Jovens Ecos Urbanos, o projeto é  financiado pelo Programa Cidadãos Ativ@s, sendo gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian em consórcio com a Fundação Bissaya Barreto.

Programa:

  • 15h00 – Receção dos/as participantes
  • 1º momento – Dra. Paula Gaio, Vereadora da Ação Social e Inclusão da Câmara Municipal de S. João da Madeira,
  • 2º momento –Maria Manuel Batista, Prof. Catedrática do Departamento Estudos Culturais da Universidade de Aveiro e Presidente da Irenne – Associação de investigação, prevenção e combate à violência e exclusão
  • 3º momento – 45m conversa + debate – com a Doutora Ana Cristina Pereira (Kitty Furtado) – Investigadora Pós-Doc no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra
  • 16h30 – 16h40 –  Coffee break
  • 4º momento – Alice Neto de Sousa (momento poético)
  • 5º momento –  “Kanal” (concerto meditativo)

+ Informação sobre as convidadas para o painel:

Paula Gaio Kulzer
Licenciada na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, foi Professora de Matemática na Esc. Sec. Dr. Serafim Leite e Representante da Educação na Comissão de Proteção de Crianças e Jovens em Risco. Foi Presidente da CPCJ de S. João da Madeira e integrou a Equipa Técnica Regional do Norte da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens. Atualmente é Vereadora da Ação Social, Inclusão e Habitação, a exercer o 2º mandato.

Maria Manuel Baptista
É Professora Catedrática da Universidade de Aveiro e foi Diretora do Programa Doutoral em Estudos Culturais (UA/UM) até 2015. É membro do Conselho Científico e referee de muitas outras publicações científicas, nacionais e internacionais. Tem obra diversa publicada nacional e internacionalmente na área dos Estudos Culturais. Licenciou-se em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto em 1986, e concluiu o Mestrado em Psicologia da Educação pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, com a dissertação “Estereótipos de Adultos Moçambicanos face à Aprendizagem” em 1996. Doutorou-se em Cultura pela UA, com especialização em Filosofia da Cultura, com tese intitulada “A Paixão de Compreender – A Filosofia da Cultura em Eduardo Lourenço” em 2002. Em 2013, realizou as suas Provas de Agregação na Universidade do Minho, na área de especialização de Hermenêuticas Culturais, com uma lição intitulada “A Identidade Cultural Portuguesa, do colonialismo ao pós-colonialismo –Memórias sociais, imagens e representações identitárias”.
Iniciou a sua atividade profissional em 1986 como jornalista e desde então lecionou e conduziu investigação em Estudos Culturais, nas áreas de intersecção entre as Ciências Humanas e Sociais. Nos últimos anos a sua investigação, no âmbito dos Estudos Culturais, centra-se nos estudos pós-coloniais, de género, do ócio e do turismo cultural, áreas em que também tem orientado diversos doutoramentos, pós-doutoramentos e mestrados. Participa de diversas redes de investigação nacionais e internacionais. Tem também particular interesse pelas relações entre a universidade e o ativismo social, tendo se tornado cofundadora e Presidente da Irenne – Associação de Investigação, Prevenção e Combate à Violência e Exclusão, onde desempenha as funções de coordenadora científica.

Kitty Furtado
Ana Cristina Pereira é doutorada em Estudos Culturais, pela Universidade do Minho, com a tese “Alteridade e Identidade na Ficção Cinematográfica em Portugal e em Moçambique”. Tem como principais interesses de investigação: género, raça, identidade social, representações sociais e memória cultural no cinema, numa perspectiva pós-colonial e interseccional. Atualmente é bolseira de pós-doutoramento do projeto Vozes em Rede, baseado no Centre for Research in Applied Communication, Culture, and New Technologies da Universidade Lusófona do Porto. Foi investigadora do projeto À Margem do Cinema Português (2018 – 2020). Desde 2020 é investigadora no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra, onde foi membro do projeto (De)Othering. É investigadora colaboradora no Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, no âmbito dos projetos Memórias, Culturas e Identidades: O Passado e o Presente das Relações Interculturais em Moçambique e Portugal e MigraMediaActs. É membro da equipa do Museu Virtual da Lusofonia.

Alice Neto de Sousa
Alice Neto de Sousa (1993), poeta entre outros ofícios, é uma poeta portuguesa com raízes em Angola. Ganhou notoriedade no início do ano de 2022, após a declamação do poema autoral “Poeta” emitido no programa “Bem-Vindos” na RTP África ter conquistado as redes sociais e voado pelo mundo. Foi ainda poeta convidada para a abertura solene das comemorações oficiais dos 50 anos do 25 de abril, onde apresentou o poema “Março” escrito a propósito da ocasião. Atualmente, para além de ser presença assídua no programa “Bem-Vindos”, na RTP África, faz parte da bolsa de poetas e dizedores da associação cultural “A Palavra” , escreve poemas do quotidiano para o jornal digital “Mensagem de Lisboa”, e dedica o seu tempo nos palcos a aprimorar a palavra e poesia para ser dita, procurando “afiar a língua” para temas sociais emergentes. Inquieta por natureza nas palavras e nas escolhas, gosta de liberdade de pensar e de sentir.

KANAL –  Concerto medidativo com Andres Tarabbia e Susana Pessoa Neves
Pelo caminho do som, do ritmo e do silêncio harmonizamos o corpo para que se torne recetivo através dos sentidos.

Apoios: EEA Grants Portugal, Fundação Calouste Gulbenkian e Fundação Bissaya Barreto
Entidades Parceiras: Câmara Municipal de S. João da Madeira, Associação Irenne; Oliva Cretive Factory, Centro de Arte Oliva,  Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira, CPCJ de  S. João da Madeira, Habitar S. João – Empresa Municipal de Habitação, Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira e Junta de Freguesia de São João da Madeira.

Quer saber mais sobre o Projeto Lugares de Encontro?  https://ecosurbanos.pt/lugaresdeencontro/

Partilha: