Tag: TEATRO

CULTURA CONJUNTA NO IMAGINARIUS A 24 DE MAIO, NA FEIRA

O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira é o maior evento de Artes de Rua realizado em Portugal e uma referência internacional. Acontece anualmente, durante três dias, no mês de Maio, e este ano vai decorrer de 23 a 25 (programa).

O Festival aposta, desde 2001, nas grandes produções internacionais e no desenvolvimento de criações originais para apresentação em estreia na sua programação, dando espaço à experimentação e à imaginação dos criadores locais.

O Imaginarius integra atualmente a rota europeia das Artes de Rua, seja pela sua presença na Circostrada Network, seja por um conjunto de parcerias com outros festivais e projetos de criação, que contribuem para a afirmação de Santa Maria da Feira como capital portuguesa das Artes de Rua.

A Cultura Conjunta é um projecto em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, e agora também com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira, e tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura. A próxima visita será Imaginarius no dia 24 de Maio e contará como entidade convidada o TRILHO – Unidade de Apoio a Toxicodependentes e Seropositivos.

A saída será às 20h nas traseiras do Centro Coordenador de Transportes e a hora de chegada prevista é às 00h.

A inscrição é limitada e gratuita (transporte e seguro), até dia 21 de Maio, para maiores de 16 anos.

Para mais informações contacte: telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 736 (segunda a sexta das 09h 30m às 17h 30m) | email: geral@ecosurbanos.pt

 

 

ECOS URBANOS – OFICINA DE ARTISTAS – CORagem – 5 DE MAIO, 16H – CASA DA CRIATIVIDADE

A nossa Oficina de Artistas apresenta mais uma peça original orquestrada pela identidade, criatividade e emoção de cada um dos seus protagonistas, com idades compreendidas entre os 6 e os 13 anos.

COR.agem
Andar numa montanha russa. Segurar uma cobra ao pescoço. Fazer bungee jumping. Escalar os Himalaias. Comandar um exército. E se a coragem não for nada disto? E se percebermos que a coragem, apesar de ser tudo isto, é sobretudo um pouco mais? É uma espécie de fé interior que se pratica todos os dias e não apenas em ocasiões especiais. É saber dizer “Já chega! Não quero mais!”. É ousar crescer, sabendo que, provavelmente, nunca mais voltaremos a ter tanta graça quanto tivemos em crianças. É arriscar dizer “gosto de ti”. É enfrentar o desafio de ser autenticamente, mesmo quando é mais fácil simplesmente ser mais um entre todos.

Diz-se da Oficina de Artistas que tem em palco crianças e jovens, mas conta histórias que sensibilizam adultos.

Diz-se da Oficina de Artistas que, mais uma vez, estreia um argumento original, deixando-se conduzir pelo espelho íntimo, secreto e corajoso de cada um dos seus artistas.

Data, hora e local: 05 de Maio, 16h, Casa da Criatividade
Enquadramento: XIII Festival de Teatro de S. João da Madeira
Duração: 60 minutos (aproximadamente)
Entrada: 3,5€
Bilhetes: https://www.bol.pt

CULTURA CONJUNTA TEM PASSA-PORTE – TEATRO DOCUMENTAL (COMPANHIA HOTEL EUROPA), PARA DIA 02 DE MARÇO, EM SEVER DE VOUGA

A Cultura Conjunta, projecto dos Ecos Urbanos em parceria com a  Junta de Freguesia de S. João da Madeira, tem como principal objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é dia 02 de Março, ao Centro das Artes e do Espectáculo, em Sever de Vouga, para ver o espectáculo de teatro, Passa-Porte – Teatro Documental (Companhia Hotel Europa)

Inscrições abertas até dia 28 de Fevereiro.

Sinopse:
Passa-Porte é um espetáculo de teatro documental que reflete sobre o fim do colonialismo português e as suas consequências na vida das pessoas que chegaram a Portugal e da forma como foram recebidas; reflete sobre a condição de refugiado ao retratar a situação das pessoas que chegaram de África anos 70, olhando também em particular para os Africanos que chegaram das antigas colónias portuguesas e a quem foi negado um passaporte português, sendo forçados a viver como emigrantes.
É uma viagem feita através de testemunhos reais pela histórica recente em Portugal.

Programa:
20h 30m: saída de S. João da Madeira, em frente à Câmara Municipal
00h: chegada prevista a S. João da Madeira

Inscrição: 5€ (inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos
Duração prevista: 90m
Entidade convidada: Centro Humanitário da Cruz Vermelha de S. João da Madeira

Mais informações:
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

CULTURA CONJUNTA VISITA CIRCOLANDO, NO DIA 22 DE FEVEREIRO, EM AVEIRO

A Cultura Conjunta, projecto dos Ecos Urbanos em parceria com a  Junta de Freguesia de S. João da Madeira, tem como principal objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é dia 22 de Fevereiro, ao Teatro Aveirense, para ver o espectáculo de teatro, Clarão, da companhia Circolando. Inscrições abertas até dia 20 de Fevereiro.

Sinopse:
Desenvolver uma reflexão sobre a ideia de ritual a partir do Serapeum de Panóias foi o desafio-convite na origem do projeto.
Complexo arqueológico de grande singularidade, situado nos arredores de Vila Real, Panóias é um intrigante espaço ligado aos inícios do sagrado. Quisemos relevar as dimensões transversais a todos os tempos e lugares, tendo encontrado no núcleo dos seus rituais as eternas e incontornáveis questões sobre os mistérios da morte e da luz.
Pedra, ar, sangue, cinzas, espectros, fantasmagorias, incubação de sonhos, clarões… Interessa-nos muito aprofundar este tempo dos princípios dos deuses, as visões panteístas e outras versões do sagrado difuso.
O projeto tem uma forte dimensão transdisciplinar e conta com a participação de um grupo da comunidade local.

Programa:
20h 30m: saída de S. João da Madeira, em frente à Câmara Municipal
00h: chegada prevista a S. João da Madeira

Inscrição: 5€ (inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos
Duração prevista: 1h 30m
Entidade convidada: Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira

Mais informações:
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

Oficina de Teatro – Oficina de Artistas – Inscrições terminam amanhã – 21 de Setembro

Teatro. Expressão Corporal. Identidades. Escrita. Desenvolvimento Pessoal. Cinco elementos fundamentais da Oficina de Artistas. A eles poderíamos evidentemente juntar imaginação, criatividade, sensibilidade, visão crítica, originalidade, responsabilidade. Trata-se de um projeto de teatro, cujas peças a apresentar ao público são co-construídas por cada um dos seus jovens integrantes, que poderão ter entre os 4 e os 16 anos de idade.

É um trabalho talvez tecnicamente imperfeito, mas repleto de densidade psicológica, na medida em que os sonhos, anseios, ideias, desejos, mágoas de cada um dos artistas que compõem esta oficina são a matéria-prima essencial do resultado artístico da mesma.  Um produto que, em mote de uma verdadeira oficina, se constrói desde as bases mais inexistentes até se apresentar como uma máquina acabada. É feito um trabalho de desenvolvimento e empowerment pessoal com base na ideia de que cada um tem algo de bom e útil a dar ao grupo, independentemente do seu formato, seja na escrita do texto, seja com ideias criativas in loco, seja pela sua expressividade enquanto ator/atriz.

É um espaço para artistas. Dentro e fora do palco. Em cima do palco ou nas suas fundições. É um espaço onde cada um tem uma história que é valorizada e desenhada no palco.

Inscrições abertas até amanhã dia 21 de Setembro

Local dos ensaios: Sala Ecos Urbanos – Oliva Creative Factory

Destinatário(a)s: crianças a partir dos 4 anos e jovens até aos 16 anos

Horário: 3as e 6as das 18h às 19h ou das 19h às 20h (conforme idade)

Duração: Outubro 2018 a Julho de 2019

Direcção Artística: Mariana Amorim

Ficha de inscrição  (preencher e mandar por email para: geral@ecosurbanos.pt) 

Condições Gerais de Funcionamento (inclui declarações de autorização de imagem e contacto)

Informações: Ecos Urbanos : 256824532 e 969849744  – 2ª a 6ª feira, das 09h às 13h e das 13h 30m às 17h 30m e Mariana Amorim : 916525491

20ª EDIÇÃO DA SEMANA DA JUVENTUDE CONVIDA SANJOANENSES E COMUNIDADES VIZINHAS A PARTICIPAR NUM PROGRAMA CULTURAL DIVERSIFICADO

Entre 20 e 23 de setembro, na comemoração da 20ª edição da Semana da Juventude S. João da Madeira, a Praça Luís Ribeiro vai ser palco de atividades organizadas pela Associação de Jovens Ecos Urbanos em parceria com a Câmara Municipal de S. João da Madeira. Com um programa cultural e artístico diversificado direcionado à juventude, serão 4 dias repletos de música, lazer, dança, desporto, convívio e muita diversão.

A estreia desta Semana decorrerá dia 20 de setembro nos Paços da Cultura, onde as portas estarão abertas a todos, para festejar o 21º aniversário dos Ecos Urbanos com a apresentação do Labirinto dos Sentidos, documentário sobre o projeto do Fundição de Memórias, o Labirinto Sensorial que foi apresentado no último Hat Weekend. À noite, o Cine S. João traz-nos O Fim da Inocência, filme de Joaquim Leitão e a oportunidade de participar numa conversa aberta sobre o lado mais polémico desta obra.

A noite de sexta feira será marcada por uma das principais atrações desta edição com um espetáculo de dança aérea na fachada do Parque América denominado por IMORTELLA – uma performance baseada na história de uma super heroína que luta pela liberdade. Ainda na mesma noite, atuarão os GO’EL – um projeto musical experimental e eletrónico com a particularidade de soar a 100 músicos a tocar simultaneamente, apesar de ser constituído apenas por dois músicos.

No sábado o HipHop CCD abre a noite para o concerto mais aguardado rapper Kappa Jotta, seguido de um live act do artista FOQUE. A última noite desta Semana da Juventude é para gingar ao som de “melodias irrepreensíveis cantadas de forma doce e teclados açucarados” dos Benjamim & Barnaby Keen.

O foco deste evento centra-se no envolvimento da comunidade, por isso convidamos-te ainda a participares no concurso Insta Safari (fotografia com smartphone) que todos os dias lançará um tema, podes ainda participar nos Workshops Restyling e Costura pela danielapontofinal, na Oficina de Fotografia no Bairro, e ainda outras dinâmicas interativas, como a Arte à Rua  ou o Swap Market – uma proposta arrojada e intergeracional desta edição em que te é dada a oportunidade de te desfazeres daqueles calções que já não gostas e de levar para casa a blusa da Dona Rosa (uma participante inscrita na iniciativa).

Porque estamos na Semana da Mobilidade, na sexta e sábado, podes apanhar o TUS para assistir à Música no Tus – um programa artístico com a participação da Banda de Música de S. João da Madeira e da escola Arte do Som, e no domingo podes ainda participar no desporto na rua ou na Diversão sobre 2 rodas.

A par da semana da juventude, sábado e domingo, na Torre da Oliva decorrerá ainda o 15º Encontro de Associações Juvenis do Distrito de Aveiro promovido pela FAJDA-Federação das Associações Juvenis do Distrito de Aveiro.

Para mais informações:

geral@ecosurbanos.ptwww.ecosurbanos.pt   | www.facebook/ecos.urbanos/ | telefones: 256824532;  969849744 e 969849736

Programa PDF

PROGRAMA 

Oficina de Teatro – Oficina de Artistas – Inscrições até 21 de Setembro

Teatro. Expressão Corporal. Identidades. Escrita. Desenvolvimento Pessoal. Cinco elementos fundamentais da Oficina de Artistas. A eles poderíamos evidentemente juntar imaginação, criatividade, sensibilidade, visão crítica, originalidade, responsabilidade. Trata-se de um projeto de teatro, cujas peças a apresentar ao público são co-construídas por cada um dos seus jovens integrantes, que poderão ter entre os 4 e os 16 anos de idade.

É um trabalho talvez tecnicamente imperfeito, mas repleto de densidade psicológica, na medida em que os sonhos, anseios, ideias, desejos, mágoas de cada um dos artistas que compõem esta oficina são a matéria-prima essencial do resultado artístico da mesma.  Um produto que, em mote de uma verdadeira oficina, se constrói desde as bases mais inexistentes até se apresentar como uma máquina acabada. É feito um trabalho de desenvolvimento e empowerment pessoal com base na ideia de que cada um tem algo de bom e útil a dar ao grupo, independentemente do seu formato, seja na escrita do texto, seja com ideias criativas in loco, seja pela sua expressividade enquanto ator/atriz.

É um espaço para artistas. Dentro e fora do palco. Em cima do palco ou nas suas fundições. É um espaço onde cada um tem uma história que é valorizada e desenhada no palco.

Inscrições abertas até 21 de Setembro

Local dos ensaios: Sala Ecos Urbanos – Oliva Creative Factory

Destinatário(a)s: crianças a partir dos 4 anos e jovens até aos 16 anos

Horário: 3as e 6as das 18h às 19h ou das 19h às 20h (conforme idade)

Duração: Outubro 2018 a Julho de 2019

Direcção Artística: Mariana Amorim

Ficha de inscrição  (preencher e mandar por email para: geral@ecosurbanos.pt) 

Condições Gerais de Funcionamento (inclui declarações de autorização de imagem e contacto)

Informações: Ecos Urbanos : 256824532 e 969849744  – 2ª a 6ª feira, das 09h às 13h e das 13h 30m às 17h 30m e Mariana Amorim : 916525491

Cultura Conjunta vai ao FIMO, em Ovar, a 9 de Junho

A 12.ª edição do Festival Internacional de Marionetas de Ovar (FIMO) conta este ano com os britânicos “Men is Coats” que trarão a Ovar um número hilariante, reconhecido internacionalmente, enquanto que Carolina Khoury vem de Itália para apresentar “The Ginodrama” que, certamente, fará as delícias do exigente público do FIMO.

Também pela primeira vez, o FIMO 2018 terá o seu programa OFF. O coordenador do certame, Nuno Pinto, explica que “o FIMOFF será inserido no festival que atingiu uma dimensão que o torna procurado por muitas outras companhias, artistas e organizações nacionais e estrangeiras que passam a ter uma oportunidade de ver os últimos trabalhos de companhias de referência”.

Outra estreia absoluta é a parceria do FIMO com a UDREAM, a primeira empresa júnior social que tem como principal objetivo acompanhar e realizar os sonhos de crianças que estão num estado de saúde frágil. Os espetáculos do FIMO estão agendados para os dias 8, 9 e 10 de Junho, em vários espaços da cidade de Ovar. Entre os instalados ao ar livre, inclui-se o Jardim do Cáster, a praça do chafariz de Neptuno, o Largo do Tribunal, a Capela de Santo António e o Parque Urbano, onde estão reservadas muitas surpresas.

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima visita será à FIMO (VIDEO PROMOCIONAL), no dia 09 de Junho e contará como entidade convidada a Habitar S. João – Empresa Municipal de Habitação, E.M. 

A saída será às 14h 45m à frente da Junta de Freguesia e a hora de chegada prevista é às 19h 15m.

inscrição, no valor de 2€, incluiu transporte e seguro, deve ser realizada junto dos Ecos Urbanos até dia 5 de Junhomaiores de 16 anos.

Para mais informações contacte:

telefone: 256 824 532 | telemóvel: 969 849 736 (segunda a sexta das 14h às 19h)

email: geral@ecosurbanos.pt

cartaz _CulturaConjunta_09JUNHO_web

OFICINA DE ARTISTAS APRESENTA  “LADO A LADO COM O MEDO”, A 15 DE ABRIL

A nossa Oficina de Artistas, orientada pela Mariana Amorim e Inês Almeida, apresenta no próximo dia 15 de Abril, pelas 15h 30m, na Casa da Criatividade, e integrado no 12.º Festival de Teatro de S. João da Madeira  (organizado pelo Projeto “Espaço Aberto” da Escola Secundária Serafim Leite ), mais uma peça original, orquestrada pela identidade, criatividade e emoção de cada um(a) do(a)s seus/suas protagonistas, com idades compreendidas entre os 5 e 12 anos

Sinopse:

“Medos. O que os motiva? Como acontecem? Quais são os medos que ousamos partilhar e gritar aos 7 ventos? Quais são os medos que calamos bem baixinho dentro de nós com receio de que revelados nos tracem como alguém bizarro ou invulgar? Ou com receio de que esses medos, contados alto, se tornem num monstro ainda mais brutal capaz de nos engolir por inteiro?…

Entretanto… como é que será sentarmos lado a lado com os nossos medos? Como é que será sentar a conversar com o monstro que assalta as nossas noites e nos impede de dormir? Juntos, perceberemos que é, lado a lado, que se (des)fazem alguns dos maiores “monstros” da nossa vida…”

 

Abertura de portas: 15h
Horário de início: 15h 30m
Duração: 60 minutos (sem intervalo)
Classificação etária: todos os públicos
Género: Drama cómico
Produção: Oficina de Artistas – Ecos Urbanos
Preço único: 2,50€ | Os bilhetes já podem sem comprados na BOL ou na Casa da Criatividade
Mais informações: 256824532 e 969849744 (2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 17h 30m)

 

cartaz-lado-alado-com-o-medo-web

Cultura Conjunta vai a Salreu – 25 de Fevereiro

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, continuam na organização das saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

A Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 22 de Março, ao Teatro Nacional S. João assistir à peça “Como ela Morre”.

Como Ela Morre, espectáculo que cruza os destinos do TNDM II e da companhia belga tg STAN, não por acaso dois lugares onde Tiago Rodrigues tem sido feliz, como diretor artístico do primeiro e colaborador regular da segunda. Anna é a “Ela” que mora no título e sabemos que vai morrer, que quer morrer: “Porque não apagar a vela se já não há nada para olhar?” Anna Karénina, a indisputada obra-prima de Lev Tolstoi, chega às mãos de Tiago Rodrigues três anos depois da controversa Madame Bovary de Gustave Flaubert. Na companhia de mais uma mulher bela, adúltera e suicida, o autor e encenador prossegue a sua reflexão em cena sobre os modos de transmissão das grandes obras do cânone literário ocidental. “Transmitir” é aqui como que um sinónimo de “reescrever” ou “traduzir”, ou seja, de produzir uma nova versão da morte de Anna, traduzindo-a para o aqui e agora do palco. Um ato de amor e de traição, como todas as tentativas de reconstituição de uma morte fictícia. Sabemos que Anna morre no capítulo XXXI da sétima parte do romance de Tolstoi. Mas como morre ela hoje, nas nossas mãos?

Programa:

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 17 de Março.
8,00€: 
inclui transporte, visita e seguro.

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849744| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-cultura-conjunta-22mar