Tag: SEMJUV2016

Semana da Juventude 2016 – A Tónica vai com Todos

Inserido na Semana da Juventude 2016, irá acontecer o evento, “A Tónica vai com Todos”, na Praça Luís Ribeiro, de 22 a 24 de Setembro. (#atónicavaicomtodos)
 
Este mote serve para atrair a participação de bares, pessoas em nome individual e associações locais, para dar mais cor e energia durante os dias e para criar uma aproximação aos comerciantes locais.
 
Todas as bebidas irão ser preparadas com água tónica.
 
Haverá também um espaço dedicado às crianças com programação própria, nos dias 23 e 24.

Semana da Juventude 2016 – Apresentação do cartaz 

A Semana da Juventude de 2016, organizada pela nossa associação e pela Câmara Municipal de S. João da Madeira apresenta o cartaz para e presente edição

Vai acompanhando tudo na página oficial do facebook.

Destacamos todos os momentos pois serão momentos únicos.

Programa:

22/09 (quinta)

23/09 (sexta)

24/09 (Sábado)

  • 18hProjecto Cacos – Largo do Souto
  • 20h às 00hA Tónica vai com Todos – Praça Luís Ribeiro
  • 20h às 00h – Espaço Infantil – Praça Luís Ribeiro
  • 20h 30m às 21h 30mConcertina e Violoncelo – percurso itinerante
  • 22h – Concerto Pedro Abrunhosa – Casa da Criatividade – entrada paga
  • 22h às 23h – A Condessa – Espaço T – Praça Luís Ribeiro
  • 23h às 00h 30m –  Concerto Os Ursos – Praça Luís Ribeiro
  • 00h 30m – DJ Set

cartaz-final

Semana da Juventude 2016 apresenta Pintar Pássaros à Força
Produção Ecos Urbanos em estreia absoluta no dia 23 de Setembro às 22h, na Rua Padre Oliveira (terreno ao lado do Estrela Guia), para todas as idades.

Sinopse:

“I AM A PUBLIC EYE”© SAMO

FAZER. ESCONDER. PINTAR. RISCAR. CAMUFLAR. FUGIR. CORRER. CORRER. CORRER. SUJAR. SUSPENDER. RESPIRAR. DESENHAR. RABISCAR. OCULTAR. OCULTAR…… POPULAR.

  1.  ANÓNIMO/COLECTIVO
  2.  GIGANTE E DISCRETO. PERENE E IMEDIATO
  3. DEMOCRÁTICO OU CLANDESTINO

PÚBLICO. PÚBLICO.PÚBLICO.

Enquadramento:

Pintar Pássaros à Força é um espectáculo que procura congregar diferentes formas de mediação artística, como a pintura, a dança e a performance, para celebrar o graffiti e a intervenção artística na rua. Interessa interpretar a plasticidade visual e corporal, evidentes na produção do graffiti, determinadas pela coincidência, atípica para a criação artística, entre atelier, tela e o museu. Um modo de fazer artístico definido pela contradição de ser simultaneamente realizado no espaço exterior e público, mas de forma clandestina e anónima.

Embora seja permeável aos seus antecedentes históricos, a peça procura enfatizar o graffiti desenvolvido sobre as cidades pós-industriais, disseminado entre jovens de sucessivas gerações desde as últimas décadas do século XX. Uma forma de expressão popular que se enraíza no colectivo, procurando o espaço público e o relato do social, mas que encontra no individual formas muito particulares de o fazer. Jean Michel Basquiat é referência, e é matéria-prima inesgotável para a peça, tanto do ponto de vista formal, como conceptual. Propõe a exploração da pintura, da poesia, da música, da performance, da crítica histórica e política, de uma forma transversal e democrática.

Também por isso Pintar Pássaros à Força o admira. Sendo proposto pelos Ecos Urbanos ao Projecto Inacabado de Helena Oliveira foi esboçado e orientado com a pareceria de Tânia Cortez mas, cresce nutrindo-se do colectivo. Amplia o mais que pode a participação no processo artístico, envolve activamente bailarinos, músicos, técnicos, artistas plásticos e pessoas de profissões diversas, todos em coordenadas muito diferentes, e sintetiza os seus contributos individuais criativamente. Uma acção colaborativa e participativa para a arte que é cúmplice do graffiti, quando defende a acessibilidade da prática e da recepção artística.

Produção Ecos Urbanos

Um projecto que dança a imagem e coreografa o traço, numa paisagem/tela que vai sendo construída ao longo do espectáculo. Uma dança cujo final é uma obra plástica, uma ilustração do movimento.

Pretendendo envolver jovens artistas e jovens não artistas, numa exploração da dança e do movimento, queremos construir um espectáculo que desconstrua preconceitos e que envolva verdadeiramente a comunidade numa criação Sanjoanense.

Queremos construir um espectáculo capaz de itinerância.

Ficha Técnica:

Semana da Juventude 2016

Começou a nascer o Projecto Cacos, que está integrado na programação da Semana da Juventude 2016.

O Largo do Souto, recebe a intervenção do Francisco Pessegueiro, jovem artista sanjoanense, que deixará uma marca, incontornável, no panorama artístico local.

Irão participar também entidades locais e as pessoas (transeuntes) serão convidadas a colaborar na construção desta obra.

Podem ir acompanhando todo o processo no nosso facebook ou passar no largo.

Semana da Juventude vai realizar-se de 22 a 24 de Setembro.

Dinamizada pela Associação de Jovens Ecos Urbanos em parceria com o município, é uma semana destinada à juventude com um programa de actividades, entre concertos, workshops, teatro, dança, cinema, artes visuais e performativas e animação infanto-juvenil.

As actividades têm entrada livre e são definidas numa lógica de envolvimento de toda a comunidade, procurando a diferença, inovação e a conquista de novos públicos através de propostas na área das artes, cultura e desporto.

Estamos a programar.

Mais informações em breve.

 

semana-juventude-2016