Tag: PARCERIAS

Cultura Conjunta vai ao Leme a Ílhavo, a 30 de Novembro

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é já no dia 30 de Novembro estando as inscrições abertas até dia 27 de Novembro.

O LEME explora as novas linguagens do circo contemporâneo e da criação artística para espaços não convencionais, em Ílhavo e na Gafanha da Nazaré. Com uma programação que cria novas dinâmicas e novos públicos para Ílhavo, o LEME parte da tradição ilhavense e constrói uma nova narrativa em que o circo contemporâneo dita as coordenadas. O circo contemporâneo desafia os limites.

Programa:

  • Saída de S. João da Madeira, às 20h 30m, em frente à antiga junta de freguesia.
  • Chegada prevista a SJM às 00h

Inscrição: 4€* (Inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos

Mais informações contacte: 
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

JANTAR SOLIDARIEDADE – 23 DE NOVEMBRO – RESERVE JÁ NA SUA AGENDA

Chegou o grande Jantar dos Ecos Urbanos!

Agenda pronta? 23 de Novembro, 20h.

Já só a Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory, tem espaço para tantos amigos dos Ecos Urbanos. Este ano contamos com ainda mais amigos. Gostaríamos muito de contar convosco!

Reservem já o vosso lugar no jantar de solidariedade mais divertido do ano. Deixamos uma pista sobre o tema desta edição, vai ser um festival…Festival de quê?

Ligue para 256824532, faça reserva para geral@ecosurbanos.pt ou ainda passe na Casa das Associações na Av. Renato Araújo, nº 441, 1º andar.

Valor de participação 20€ adultos; 10€ criança (entre os 4 e os 10 anos). Reservas até dia 20 de Novembro.

Fim da festa nunca antes da meia-noite, não aconselhável para Cinderelas.

20ª EDIÇÃO DA SEMANA DA JUVENTUDE CONVIDA SANJOANENSES E COMUNIDADES VIZINHAS A PARTICIPAR NUM PROGRAMA CULTURAL DIVERSIFICADO

Entre 20 e 23 de setembro, na comemoração da 20ª edição da Semana da Juventude S. João da Madeira, a Praça Luís Ribeiro vai ser palco de atividades organizadas pela Associação de Jovens Ecos Urbanos em parceria com a Câmara Municipal de S. João da Madeira. Com um programa cultural e artístico diversificado direcionado à juventude, serão 4 dias repletos de música, lazer, dança, desporto, convívio e muita diversão.

A estreia desta Semana decorrerá dia 20 de setembro nos Paços da Cultura, onde as portas estarão abertas a todos, para festejar o 21º aniversário dos Ecos Urbanos com a apresentação do Labirinto dos Sentidos, documentário sobre o projeto do Fundição de Memórias, o Labirinto Sensorial que foi apresentado no último Hat Weekend. À noite, o Cine S. João traz-nos O Fim da Inocência, filme de Joaquim Leitão e a oportunidade de participar numa conversa aberta sobre o lado mais polémico desta obra.

A noite de sexta feira será marcada por uma das principais atrações desta edição com um espetáculo de dança aérea na fachada do Parque América denominado por IMORTELLA – uma performance baseada na história de uma super heroína que luta pela liberdade. Ainda na mesma noite, atuarão os GO’EL – um projeto musical experimental e eletrónico com a particularidade de soar a 100 músicos a tocar simultaneamente, apesar de ser constituído apenas por dois músicos.

No sábado o HipHop CCD abre a noite para o concerto mais aguardado rapper Kappa Jotta, seguido de um live act do artista FOQUE. A última noite desta Semana da Juventude é para gingar ao som de “melodias irrepreensíveis cantadas de forma doce e teclados açucarados” dos Benjamim & Barnaby Keen.

O foco deste evento centra-se no envolvimento da comunidade, por isso convidamos-te ainda a participares no concurso Insta Safari (fotografia com smartphone) que todos os dias lançará um tema, podes ainda participar nos Workshops Restyling e Costura pela danielapontofinal, na Oficina de Fotografia no Bairro, e ainda outras dinâmicas interativas, como a Arte à Rua  ou o Swap Market – uma proposta arrojada e intergeracional desta edição em que te é dada a oportunidade de te desfazeres daqueles calções que já não gostas e de levar para casa a blusa da Dona Rosa (uma participante inscrita na iniciativa).

Porque estamos na Semana da Mobilidade, na sexta e sábado, podes apanhar o TUS para assistir à Música no Tus – um programa artístico com a participação da Banda de Música de S. João da Madeira e da escola Arte do Som, e no domingo podes ainda participar no desporto na rua ou na Diversão sobre 2 rodas.

A par da semana da juventude, sábado e domingo, na Torre da Oliva decorrerá ainda o 15º Encontro de Associações Juvenis do Distrito de Aveiro promovido pela FAJDA-Federação das Associações Juvenis do Distrito de Aveiro.

Para mais informações:

geral@ecosurbanos.ptwww.ecosurbanos.pt   | www.facebook/ecos.urbanos/ | telefones: 256824532;  969849744 e 969849736

Programa PDF

PROGRAMA 

Os Ecos Urbanos apresentam o projeto Fundição de Memórias – Labirinto Sensorial no Hat Weekend Festival – 20 a 22 de Julho

Este é um projeto (apresentação) que abarca uma proposta ímpar de um coletivo de artistas e será uma obra de diálogo envolvente, pois poderá experimentar um percurso sensorial criado para sentir e que pode ser visitado no Largo da PT que fica na Rua Padre Oliveira (rua dos bares)

Podem fazer a inscrição no Labirinto, para isso, deverão enviar email com o assunto: LABIRINTO – RESERVA, para geral@ecosurbanos.pt ou ligar para 256824532 e 969849744, identificando o nome, contacto e preferência de horário. Atenção que devido às condições especiais de funcionamento existe um número limite de 15 pessoas, sendo que após esse número ficarão em lista de espera, para o caso de desistências. A duração é de cerca 15m e é para todas as idades.

Horários para marcações:

Dia 20 – Sexta feira
21h e 21h 15m
22h e 22h 15m

Dia 21 – Sábado 
17h e 17h 15m
18h e 18h 15m
19h e 19h 15m
20h30 e 20h 45m
21h30 e 21h e 45
22h30 e 22h 45m

Dia 22, Domingo: 
15h e 15h 15m
16h e 16h 15m
17h e 17h 15m

Queremos deixar um enorme agradecimento a todas as pessoas que estiveram e estão envolvidas neste projecto.

Artistas Convidados (Criação Coletiva)

Artista Visual, Instalação: Celeste Cerqueira

Produção Têxtil: Daniela Duarte

Arte Pública: Paulina Almeida

Fotografia /Arte Comunitária: Paulo Pimenta

Arquitetura: Margarida Marques

Música: João Gil Ferreira e Carla Barata

Coreografia e Direção Grupo de Dança Criativa – Ecos Urbanos: Helena Oliveira

Desenho de Luz: Marcelo Ribeiro

Instalação, som: Marcelo Ribeiro e Diogo Filipe

Realização (documentário): Vanessa Fernandes

Registo audiovisual: Francisco Barros

Eletricidade, cúpula geodésica: Joaquim de Sousa

Plano de segurança: Álvaro Gouveia

Design 3D, cúpula geodésica: Pasquale Tedesco

Montagem e Apoio à Produção: Ana Sofia Correia, Ana Raquel Costa Assunção, Ana Rita Silva, Jéssica Costa, João Carlos Andrade, Lara Lagoa Pinho, Marta Filipa Correia, Pasquale Tedesco, Raquel Azevedo Costa, Ylenia Pignari

Ecos Urbanos: Direção de Produção: Maria João Leite

Grupos de trabalho:

Grupo de Tricô do Orreiro: Margarida Garrido – Anabela Ferreira, Assunção Cardoso, Cesária Costa, Conceição Pereira, Fernanda Ferreira, Irene Alves, Margarida Teles, Marilisa Magalhães, Nair Pinho, Rosa Martins, Sara Anjos

Grupo de Dança Criativa dos Ecos Urbanos: Helena Oliveira – Ana Raquel Cardoso, Carina Pinho, Carolina Alferes, Carolina Santos, Hugo Fidalgo, Infante Alferes, Ivanna Hortiz, Leonor Silva, Lígia Sá, Marta Correia, Natacha Henriques, Luana Pinho, Viviana Cardoso.

Coro dos Pequenos Cantores: João Neves – Vanessa Santos, Diana Gomes, Emily, Bernardo Fonseca, Mariana Barata, Maria Barata, Mafalda, Rita Marques, Francisca Brás, Martim, Diogo Neves.

Oficina de Artistas – Ecos Urbanos:  Mariana Amorim & Inês Guedes –  Ana Pereira, Carolina Santos, Dinis Ferreira, Francisca Monteiro, Gabriela Mateus, Helena Lopes, Joana Araújo, Joana Henriques, Laura Martinez, Leandro Rodrigo, Lee Humphrey, Mafalda Bastos, Mariana Fonseca, Matilde Neto, Patrícia Lopes, Pedro Ribeiro

Arte do Som: Carla Barata e João Gil – Ana Carolina Sousa, Carolina Campos, Carolina Resende, David Pessegueiro, Diogo Cruz, Diogo Neves, Júlia Lima, Filipa Pinto, Francisca Abelheira, João Maria, Laura Ribeiro, Maria Santos, Mariana Rocha, Vasco Teixeira, Verónica Pinho

Habitar – Grupo de Apoio ao Estudo da Mourisca: Liliana Fernandes – David, Diana, Diogo, Irina Coelho, Leonor, Marcos, Sandra Sá

AGRADECIMENTOS

Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira: Andrea Oliveira, Alice Pinho, Ana Rita Silva, Ana Raquel Costa Assunção, Jéssica Costa, Ana Sofia Correia, Lara Lagoa Pinho, Marta Filipa Correia, Raquel Azevedo Costa, João Carlos Andrade
Bulhosas: Sílvio Bulhosa, Hugo Costa
Cartonagem TrindadePedro Ventura, Pedro Silva, Jorge Garcia
Cei – Zipor: Álvaro Gouveia, Joaquim Sousa, Pedro Sousa
Câmara Municipal de S. João da Madeira: Suzana Menezes, Catarina Pereira, Arquiteta Marisel Pinho, Arquiteto Milheiro, Divisão Operacional e Logística: Sr. Jaime, Vitor Silva, Vitorino Silva, Sr. Manuel, Paulo, Marco Paulo, Alberto Vieira, Filipe, Zé Carlos, Sr. Norberto, Sr. Joaquim; Sr. José.
Cooperativa Agrícola de Sta. Mª Feira e SJM: Sr. Pinheiro
Associação de Jovens Ecos Urbanos: Ana Rita Pereira, Carlos Silva, Andrea Oliveira, Alice Sousa, Belmira Melo, Sara Pereira, Inês Bastos, Rosalina Gonçalves, Pedro Vieira, Ana Margarida Oliveira, Mariana Azevedo, Filomena Tavares
Feltrando: Filomena
Fepsa: Ricardo Figueiredo, Joana Oliveira, António Resende
Habitar S. João: Margarida Garrido, Liliana Fernandes, Prof. Joana
Heliotextil: Paula Pacheco, Liliana, Fátima
Limpária: António Martins
Maginas: Sr. Durbalino
Matersom: Sr. Cardoso
Museu da Chapelaria: Suzana Menezes, Joana Galhano
Neptúlia: Arnaldo
Oliva Creative Factory: Carla Relva, Filomena Moutinho
Picoven: Sr. António, Sr. Duarte, Sónia Pinheiro, Toni
Placatex: Joaquim Teixeira
Taberna do Zé: Silvério
Turismo Industrial: Alexandra Alves, Diana, Natália
Viarco: José Vieira
Easycópia: Vitor
Moldura Rápida: Álvaro Moura
Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira: Comandante Normando

Podem consultar todo o projecto AQUI

ECOS URBANOS E OS BRASS WIRES ORCHESTRA – 06 DE JULHO – CASA DA CRIATIVIDADE 

É já no dia 6 de Julho que os BRASS WIRES ORCHESTRA, vão estar na Casa da Criatividade e nó vamos lá estar também com cerca de 30 jovens. 

Os Brass Wires Orchestra nasceram em Setembro de 2011 fruto de uma amizade forte e de uma paixão comum pela música.

Influenciados pelas sonoridades Folk, género musical onde se encontram as mais fortes referências da banda, os BWO começaram por apresentar numa fase inicial, versões de músicas de outras bandas tais como Mumford & Sons, Beirut, Typhoon, Guillemots entre muitos outros, em concertos nas ruas de Lisboa

Com dois álbuns editados de sonoridade muito própria e inspiração Folk e Rock que conjuga de forma melódica instrumentos tão dispares, esta verdadeira orquestra já pisou palcos como o NOS Alive, Indie Music Fest ou o aclamado Paredes de Coura.

E tu já compraste o teu bilhete? Podes fazê-lo directamente AQUI e participar num concerto que vai marcar o teu Verão. Não percas esta oportunidade. Nós não vamos perder !

ECOS URBANOS NO 16.º ENAJ EM CASCAIS

Este ano, a 16.ª edição do Encontro Nacional de Associações Juvenis (ENAJ), organizado pela Federação Nacional de Associações Juvenis (FNAJ), realizar-se-á em Cascais, Capital Europeia da Juventude, a 2 e 3 de junho de 2018.

Para além do debate das Políticas de Juventude, tem como objetivo auscultar os/as jovens sobre o paradigma da evolução tecnológica, a par da sustentabilidade ambiental, potenciando o espírito crítico e a capacidade de reflexão dos/as mesmos face a estas temáticas.

A anteceder o ENAJ, vai realizar-se a Cimeira do Associativismo e Juventude “Um Plano Estratégico para a Juventude no Poder Local”, com início hoje, 1 de junho, às 14h30.

Os Ecos Urbanos estarão presentes com 12 jovens, participantes nas nossas oficinas criativas, com o apoio da Federação das Associações Juvenis do Distrito de Aveiro (FAJDA), no transporte. 

Vão ser dois dias dedicados ao associativismo com um programa diversificado e cheio de oportunidades únicas!

 

 

Cultura Conjunta vai ao FIMO, em Ovar, a 9 de Junho

A 12.ª edição do Festival Internacional de Marionetas de Ovar (FIMO) conta este ano com os britânicos “Men is Coats” que trarão a Ovar um número hilariante, reconhecido internacionalmente, enquanto que Carolina Khoury vem de Itália para apresentar “The Ginodrama” que, certamente, fará as delícias do exigente público do FIMO.

Também pela primeira vez, o FIMO 2018 terá o seu programa OFF. O coordenador do certame, Nuno Pinto, explica que “o FIMOFF será inserido no festival que atingiu uma dimensão que o torna procurado por muitas outras companhias, artistas e organizações nacionais e estrangeiras que passam a ter uma oportunidade de ver os últimos trabalhos de companhias de referência”.

Outra estreia absoluta é a parceria do FIMO com a UDREAM, a primeira empresa júnior social que tem como principal objetivo acompanhar e realizar os sonhos de crianças que estão num estado de saúde frágil. Os espetáculos do FIMO estão agendados para os dias 8, 9 e 10 de Junho, em vários espaços da cidade de Ovar. Entre os instalados ao ar livre, inclui-se o Jardim do Cáster, a praça do chafariz de Neptuno, o Largo do Tribunal, a Capela de Santo António e o Parque Urbano, onde estão reservadas muitas surpresas.

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima visita será à FIMO (VIDEO PROMOCIONAL), no dia 09 de Junho e contará como entidade convidada a Habitar S. João – Empresa Municipal de Habitação, E.M. 

A saída será às 14h 45m à frente da Junta de Freguesia e a hora de chegada prevista é às 19h 15m.

inscrição, no valor de 2€, incluiu transporte e seguro, deve ser realizada junto dos Ecos Urbanos até dia 5 de Junhomaiores de 16 anos.

Para mais informações contacte:

telefone: 256 824 532 | telemóvel: 969 849 736 (segunda a sexta das 14h às 19h)

email: geral@ecosurbanos.pt

cartaz _CulturaConjunta_09JUNHO_web

ECOS URBANOS NO BAZAR DE PRIMAVERA DA OLIVA CREATIVE FACTORY, A 19 DE MAIO 

O Oliva Bazar Primavera é um espaço de convergência criativa e de lazer, onde diversos projetos na área do design, moda, cosmética, joalharia, acessórios e outros são convidados a promover o seu talento e a qualidade dos seus produtos.

Os Ecos Urbanos vão estar presentes com a dinamização de um Bazar Solidário e com a Oficina de Animação de Rua

SOBRE O BAZAR SOLIDÁRIO

O nosso Centro Comunitário, vai estar presente no Bazar de Oliva Bazar Primavera no dia 19 de Maio, das 10h 30m às 19h. Estaremos na nossa entrada a receber os géneros alimentares e produtos de higiene pessoal e habitacional.

  • Géneros Alimentares: azeite, leite, massas, enlatados, arroz, leguminosas, bolachas, cereais, café/cevada.
  • Produtos de Higiene Pessoal: pasta de dentes, escovas de dentes, desodorizante, gel de banho, shampoo
  • Produtos de Higiene Habitacional: detergente roupa, detergente Loiça, amaciadores.

Poderá também adquirir vales que serão convertidos em géneros alimentares.

Venha visitar o Oliva Bazar Primavera e deixe a sua marca solidária.

OFICINA DE ANIMAÇÃO DE RUA

Estaremos também presentes com a nossa Oficina de Animação de Rua, das 10h 30m às 12h 30m.  As cores da Primavera serão o mote para a construção de balões e pinturas faciais.

logo cc ecos oficina-animacao-rua_normal

 

Cultura Conjunta vai ao Imaginarius a 25 de Maio, na Feira

O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira é o maior evento de Artes de Rua realizado em Portugal e uma referência internacional. Acontece anualmente, durante três dias, no mês de Maio, e este ano vai decorrer de 24 a 26 (programa), estando integra

O Festival aposta, desde 2001, nas grandes produções internacionais e no desenvolvimento de criações originais para apresentação em estreia na sua programação, dando espaço à experimentação e à imaginação dos criadores locais.

O Imaginarius integra atualmente a rota europeia das Artes de Rua, seja pela sua presença na Circostrada Network, seja por um conjunto de parcerias com outros festivais e projetos de criação, que contribuem para a afirmação de Santa Maria da Feira como capital portuguesa das Artes de Rua.

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura. A próxima visita será Imaginarius no dia 25 de Maio e contará como entidade convidada a ACAIS (Associação do Centro de Apoio aos Idosos Sanjoanenes) – Protocolo RSI (Rendimento Social de Inserção)  

A saída será às 14h 45m à frente da Junta de Freguesia e a hora de chegada prevista é às 19h 15m.

A inscrição, no valor de 2€, incluiu transporte e seguro, deve ser realizada junto dos Ecos Urbanos até dia 22 de Maio, maiores de 16 anos.

Para mais informações contacte:

Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 736 (segunda a sexta das 14h às 19h)

email: geral@ecosurbanos.pt

 

cartaz _CulturaConjunta_25MAIO_web

 

Cultura Conjunta descobre Castello Branco a 28 de Abril, em Ílhavo

Já ouviram o músico Castello Branco?  Venham descobrir uma sonoridade única de um cantor, compositor e instrumentista de música popular brasileira!

Pois bem, têm essa oportunidade já no próximo dia 28 de Abril, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, integrado na programação do projecto de transformação cultural 23Milhas.

A saída será às 21h 15m, em frente à Junta de Freguesia de S. João da Madeira e a chegada está prevista para as 24h.

O valor de participação é de 5€, por pessoa, e inclui bilhete, transporte e seguro, com inscrição a terminar hoje, 26 Abril.

O concerto é para maiores de 16 anos.

O seu nome é Lucas e vive no piso da efervescência cada vez mais evidente da música brasileira.

Castello Branco cresceu num mosteiro, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. As suas “mães” ensinaram-lhe o que era o amor e a necessidade de ser honesto nas questões que colocava a si mesmo e ao mundo. E é possível ouvi-lo nas suas músicas, de paciência e generosidade evidentes, como se palavras e acordes se aconchegassem como uma rede de descanso com a robustez de uma fortaleza.

Castello Branco começou a mostrar “Serviço” em 2014, disco em que assinou um conjunto de canções em que partiu dos ensinamentos da música tradicional brasileira para obter algo seu, com um olhar espiritual e curioso sobre o mundo.

Quatro anos depois chega “Sintoma”, um sinal de que Lucas começou a sofrer de “Ufolclore”, é ele que o diz, numa patologia que apresenta arranjos delicados e frequência meditativas.

“Sintoma” tem onze faixas que incluem parcerias com Tomás Tróia e Lôu Caldeira e duetos com Filipe Catto, Mãeana e Verónica Bonfim. Vai a análise no dia 28 de abril, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré, com prognóstico muito pouco reservado.

As saídas culturais são uma projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos.

Para mais informações contacte: 256 824 532/969 849 736 |  geral@ecosurbanos.pt

cartaz_print