Tag: MÚSICA

BICHOS DO MATO CONVIDAM PRESTO DUO PARA MAIS UMA SESSÃO A 14 DE ABRIL

No dia 14 de Abril às 21h30m algures em S. João da Madeira, na casa de um(a) anfitrião/ã, os Bichos do Mato apresentam Presto Duo, na quarta sessão deste ano num projeto que continuar a levar diferentes linguagens culturais a casa das pessoas.

Presto é um andamento musical utilizado como indicação do tempo de uma obra e que equivale a “muito rápido”, entre 180 e 200 batidas por minuto.

 

Formado em 2011 pelos instrumentistas de cordas Eduardo e Laura, o Presto Duo atua em todo o tipo de eventos, desde casamentos, jantares, eventos empresariais e outros em que a música é um elemento especial.

 

Mais tarde, ocasionalmente e acompanhando o crescimento do grupo, a Ana e a Venusa vieram acrescentar valor ao grupo, estando assim reunidas as condições para que quatro amigos músicos produzam algo absolutamente incrível – expressar-se e tocar a alma daqueles com quem se cruzam através da linguagem universal que é a música.

Se pretender reservar um lugar para assistir às próximas sessões, envie um email para bichosdomato@ecosurbanos.pt, com o assuntoBichos do Mato, nome, morada, data de nascimento e contacto telefónico.

Existe um limite de duas reservas por e-mail. Se entrar na lista de convidado(a)s, receberá um email de confirmação.

Para mais informações acede à nossa página AQUI

FACEBOOK SJM LIVING ROOM SESSIONS

INSTAGRAM BICHOS DO MATO

FACEBOOK ECOS URBANOS

INSTAGRAM ECOS URBANOS

#8 bichosdomato-prestoduo-14abr18

Ecos Urbanos levam 15 jovens a assistir ao concerto dos Cais do Sodré Funk Connection no próximo dia 6 de Abril, na Casa da Criatividade.

Nascidos no coração do bairro boémio que lhes dá o nome, esta é uma banda de veteranos da música portuguesa, apaixonados pelo funk e a soul. Recriam o som e o ambiente dos clássicos das décadas de 60 e 70, com a dedicação e energia de uma verdadeira celebração.

Ao vivo são 7 energéticos elementos, conduzidos pelo one man show SILK (Fernando Nobre), que acompanhados pela voz bonita e doce de TAMIN, levam o público numa viagem musical pelo Soul Power.

É caso para perguntar “Are you ready”?

Este é o cartão de visita da banda que vai encher o palco da principal sala de espectáculos da nossa cidade.

Mais uma vez, e com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira, vamos levar quinze jovens, para assistir a 75 minutos de puro Soul!

E tu estás preparado(a) para ouvires Funk ao mais alto nível! Músicos incríveis que se uniram em colectivo para um manifesto de partilha da música negra!  São precisos mais argumentos ? Mãos, pés e anca vão quebrar com este groove que mostra que dançar é o melhor remédio!

Se quiseres ir podes comprar o bilhete AQUI e passar um início de noite fantástica.

MY SPACE

FACEBOOK

caisdosodrefunk

BICHOS DO MATO RECEBEM JOÃO NEVES E MARA MARTINS A 17 DE MARÇO

A proposta cultural dos Bichos do Mato deste mês já foi anunciada e esgotou!

No dia 17 de Março às 21h30m algures em S. João da Madeira, na casa de um(a) anfitrião/ã, os Bichos do Mato apresentam João Neves e Mara Martins, na terceira sessão deste ano num projecto que continuar a levar diferentes linguagens culturais a casa das pessoas. Estes  juntaram-se para proporcionar uma noite recheada de boa música, passando pelos mais diversos temas e artistas contemporâneos.

O João Neves,  é natural de S. João da Madeira, e iniciou a sua formação musical na Academia de Música de S. João da Madeira aos seis anos de idade, em violino. Um misto de curiosidade e aptidão levaram-no a experimentar novas sonoridades e foi por sua iniciativa que aprendeu a tocar outros instrumentos, tais como viola, ukulele, piano e orgão. É professor de violino na Escola Arte do Som desde 2015.
Aos oito anos de idade começou a cantar no coro de uma capela da sua cidade natal. Seguiram-se outras experiências semelhantes, em 2013 recebeu o convite para ser maestro do Coro dos Pequenos Cantores de São João da Madeira, cargo que ocupa até ao presente. A par disto é ainda organista no Coro Litúrgico de São João da Madeira.

A Mara Martins, natural de S. João da Madeira, começou a ter aulas de piano na escola de música Proarte, em S. João da Madeira, aos doze anos e concluiu vários exames do programa da Rockschool ao longo do seu percurso de aprendizagem. Mais recentemente, é a vocalista e pianista de um projeto de jazz e de uma banda de covers acústicas.
Para além da música, dedica-se também ao teatro e à poesia, tendo já integrado o grupo de teatro TOJ e participado em várias atividades relacionadas com a leitura.

Se pretender reservar um lugar para assistir às próximas sessões, envie um email para bichosdomato@ecosurbanos.pt, com o assunto: Bichos do Mato, nome, morada, data de nascimento e contacto telefónico.

Existe um limite de duas reservas por e-mail.

Se entrar na lista de convidado(a)s, receberá um email de confirmação.

Para mais informações acede à nossa página AQUI

BICHOS DO MATO RECEBEM PATRÍCIA PEREIRA A 24 DE FEVEREIRO

A proposta cultural dos Bichos do Mato deste mês já foi anunciada!

No dia 24 Fevereiro às 21h30m algures em S. João da Madeira, na casa de um(a) anfitrião/ã, os Bichos do Mato apresentam Patrícia Pereira – concertina, na segunda sessão deste projecto que leva diferentes linguagens culturais a casa das pessoas.

A Patrícia Pereira, é natural de São João da Madeira, concertinista desde os 19 anos.
Influenciada pelo universo tradicional europeu e folk, as músicas tocadas são essencialmente clássicas, de improviso e criação própria. Actualmente toca nas ruas maravilhando quem lá passa.

Se pretender reservar um lugar para assistir a esta sessão, envie um email para bichosdomato@ecosurbanos.pt, com o assunto: Bichos do Mato – Fevereiro, nome, morada, data de nascimento, e contacto telefónico.

Existe um limite de duas reservas por e-mail.

Se entrar na lista de convidado(a)s, receberá um email de confirmação.

Para mais informações acede à nossa página AQUI

CULTURA CONJUNTA VAI À CASA DA MÚSICA – 18 DE FEVEREIRO

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, apresentam mais uma saída do Projecto Cultura Conjunta, que consiste na organização das saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 18 de Fevereiro, à Casa da Música , para assistir à apresentação, por parte da Banda Sinfónica Portuguesa, de uma viagem por bandas sonoras de alguns filmes míticos da história cinema.

“…. África Minha é um clássico do cinema que nos fez apaixonar irremediavelmente por África e por toda a sua natureza selvagem. “…, a música de John Williams para Guerra das Estrelas terá sido escrita sem que o compositor tivesse sequer visto a saga.

Num programa centrado em arranjos e composições de Johan de Meij, Via Claudia leva-nos em viagem pelos Alpes, começando numa noite de nevoeiro perto de Veneza até ao vislumbre do Sol no cume da montanha.

Este concerto dedicado ao cinema encerra com uma homenagem ao lendário Federico Fellini, captando a atmosfera surrealista e sonhadora dos filmes do realizador italiano.”

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 14 de Fevereiro, para maiores de 16 anos.
7,00€: 
inclui transporte, visita e seguro.

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849736| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-conjunta-fevereiro2018

BICHOS DO MATO SAEM DA TOCA A 20 DE JANEIRO

Os Bichos do Mato voltam a sair da toca já no dia 20 de Janeiro, e como sempre, será em “casa de alguém”.

Para iniciar este ano, a nossa proposta cultural será um concerto com a Patrícia Lestre, que já se encontra ESGOTADO.

PATRÍCIA LESTRE:
A aprendizagem musical tornou-se oficial aos 14 anos, mas a música já faz parte da sua vida desde pequena…
Começou a tocar violino na Acorde em São João da Madeira, e quatro anos depois completou o curso musical na Escola Profissional de Música de Espinho. Em 2011, Patricia instala-se em França. A história varia entre os mais diversos encontros humanos e musicais e as formações como a técnica vocal Jazz na ARPEJ em Paris e pedagogia musical alternativa no CFMI d’Orsay (Centro de Formação de Musico Interveniente).

Em palco, os instrumentos como o ukulélé, guitarra, voz e violino, fazem parte do seu projeto pessoal com inspirações baseadas na música tradicional/mundo e a improvisação. Nomes como Hermeto Pascoal, Barbara, Baden Powell, Jorge Palma, JP Simões, Pink Floyd entre outros fazem parte da “salada” desta viagem a solo.

A sua colaboração está presente em diversos grupos que fazem com que o seu universo musical esteja sempre em evolução e movimento: Aquilo que Vocês Quiserem (Quinteto vocal e instrumental em Portugal); A Banda (música brasileira em França); Las Famatinas (música argentina em França); MisseStrano (teatro e música tradicional em França); Sari Company (música mundo improvisada em França… e possíveis arredores).

Relembramos que existe um limite de duas reservas por email para cada espectáculo e deverá ser enviado para: bichosdomato@ecosurbanos.pt com o assunto: BICHOS DO MATO,e respetivos dados pessoais: nome(s), morada(s), data(s) de nascimento; email(s) e contacto telefónico.

Fica a saber tudo sobre os bichos do mato em ECOS URBANOS BICHOS DO MATO, onde brevemente apresentaremos as próximas datas.

 

Segue-nos nas redes sociais

FACEBOOK SJM LIVING ROOM SESSIONS

FACEBOOK ECOS URBANOS

INSTAGRAM ECOS URBANOS

YOUTUBE ECOS URBANOS

05 bichosdomato-cartazwebesgotado-patricialestre-20jan

O Ecos Rock regressa nos próximos dias 3 e 4 de Fevereiro, para a sua 9ª edição, que se realiza na Sala dos Fornos da Oliva Creative Factory, em S. João da Madeira.

O festival de bandas sanjoanenses, organizado pelos Ecos Urbanos, volta para duas noites de arromba, no ano em que os Ecos Urbanos comemoram 20 anos, idade para já se saber ouvir grande rock!

Sexta-feira, dia 3, promete ser uma noite de peso! Pelas 22h, são os estreantes The Gravediggers a abrir as hostilidades em modo heavy metal, seguem-se os Voyance a abrir o death Metal e o grind, os One Step to Fall, vão puxando pela noite de metal alternativo, fecham a noite os Soul of Anubis, banda já com 6 anos de experiência, dentro do espectro do metal progressivo.

Sábado, dia 4,  é mais tranquilo, navegaremos pelo indie rock, o folk, e o mistério… Os concertos começam às 22h, com duas bandas de estreia no ecos rock: a música descomprometida de Sardinha Também é Peixe, e os 8mm que prometem fazer –nos dançar até o corpo pedir clemência. Rita Lina irá apresentar o seu trabalho mais recente de estúdio, o EP Tinto Cão.  e a noite termina com The Black Chakra no seu psychedelic rock.

O Ecos Rock procura promover os jovens músicos sanjoanenses assim como incentivar a criação artística no concelho, numa lógica de corresponsabilização pelo sucesso do festival, que é feito desde o primeiro dia com o envolvimento directo das bandas. Aliás este festival garante uma boa representatividade do panorama musical, rock, do concelho, todos os anos actualizado.

O bilhete diário custa 2 euros e o passe para os dois dias, 3 euros. A Associação Ecos Urbanos oferece 50% de desconto nos bilhetes aos estudantes do concelho, numa lógica de estímulo da cultura musical e de angariação de novos públicos para a música. Esse é um dos propósitos de existência do Ecos rock, desde a sua primeira edição, em 2006.

A Câmara Municipal de S. João da Madeira é co-organizadora e a Oliva Creative Factory é um parceiro estratégico do evento.

Dia 3 de Fevereiro

 

the gravediggers

São uma banda de Heavy Metal de Vila Cova, que faz de S. João da Madeira a sua segunda casa. A banda surge oficialmente no início de 2015, as suas influencias provêm dos Metallica, Dream Theater , Slipknot , Lamb of God , Children of Bodom, Sepultura, Cannibal Corpse,…prometem abrir as hostilidades deste Ecos Rock de pé direito à frente e de guitarra em riste!

Elementos

  • Carlos Pinho – Bateria
  • Carlos Cardoso – Guitarra base
  • Ricardo Almeida – voz
  • Alexis Pinho – Guitarra
  • Márcio Pinho – baixo

 

voyance

Os Voyance são uma banda oriunda de S. João da Madeira, formada no final de 2013. Praticam um death-metal com bastante velocidade, ou um grindcore com bastante groove, dependendo da perspectiva, sendo influenciados principalmente por si próprios, pelo constante desafio e superação. Os gostos pessoais de cada elemento são demasiado díspares para se apontar uma banda que tenha influenciado o estilo dos Voyance, mas se tiver que se apontar um perfil transversal a todos, será a falta de paciência para tocar devagar.

Elementos:

  • Aristides Reis – Voz
  • Daniel Malheiro – Guitarra
  • João Ferraz – Guitarra
  • Pedro Laginha – Baixo
  • Pedro Pereira – Bateria

+ info: facebook e bandcamp

 

 

onte step to fall

One Step To Fall é uma banda de São João da Madeira de Metal Alternativo com tendências para o Metalcore. Projeto criado em Maio de 2012 que conta com Diogo Pardal como vocalista, António Deville na guitarra, Tiago Carvalho no baixo, e Rúben Moreira na bateria e em Maio de 2013 com Diogo Carvalho na guitarra rítmica. One Step To Fall tem ambições bem vincadas.

O estilo musical, com influências de bandas como August Burns Red, Blessthefall, Parkway Drive e Stick To Your Guns, tem também traços bem caracterizantes, conferindo à banda um estilo vocal bastante versátil, alternando entre voz limpa e voz berrada, poderosos breakdowns e refrões com letras bem marcantes. A paixão demonstrada em palco pelos 5 elementos é contagiante, pelo que abre boas perspectivas para o futuro desta jovem banda.

Elementos:

  • Diogo Alexandre Oliveira Pardal – Voz
  • António Bernardo Deville Amaro – Guitarra
  • Diogo Messias Almeida Carvalho – Guitarra Ritmica
  • Tiago Messias Almeida Carvalho – Baixo
  • Ruben António de Oliveira Gírio Moreira – Bateria

+ info: facebook e soundcloud 

 

soul of anubis

Os Soul of Anubis são uma banda de metal portuguesa. A banda foi formada em 2010, por Pedro (bateria), Speeds (baixo) e Ferrão (guitarra e voz). Em Janeiro de 2011, os Soul of Anubis lançam a primeira demo, intitulada “First Passage”. Em Agosto de 2013, lançam uma EP intitulada “Alone” e percorreram alguns palcos nacionais. Em 2016 é editado o primeiro álbum, “The Monster Among Us”, onde tem tido boa resposta perante as pessoas.

As influências da banda seguem os Deftones, Mastodon, High on Fire, etc., sendo a amizade bastante vinculado na presença do trio em palco.

Elementos:

  • Hugo Ferrão – Voz/Guitarra
  • Pedro Silva  – Bateria
  • Filipe Almeida – Baixo

+ info: facebook e youtube

 

Dia 4 de Fevereiro

8mm

A história de dois amigos que se encontram no mítico bar Taberna 66 em Santa Maria da feira, num sábado ou sexta de Agosto de 2014. Encontro que os leva a juntarem-se para brincar com a música. De letras aos potes e de acordes gratuitos, os dois amigos apaixonam-se pelo projeto, levando logo à procura de um outro elemento, por sua vez, amigo do meu amigo.

… Já tínhamos voz, ruído e batida, faltava o corpo. Entra o amigo que não era amigo de ninguém… assim nascem os 8mm!

O Joker (Batman – O Cavaleiro das Trevas), “Alex” (Laranja Mecânica), “Eric Draven” (O Corvo) e William Wallace (Braveheart). São estes os quatro amigos desmaterializados nestas personagens. Na hora do palco tudo deriva de uma serie de fatores que são parecidos com a vida… é hora de dançar até a alma pedir clemência!

O que poderá acontecer? Só o tempo nos revela!

Elementos:

  • Alex: Bateria
  • William Wallace: Voz
  • Joker: Baixo
  • Eric Draven: Guitarra

+ info: youtube  

 

sardinha também é peixe

Sardinha Também É Peixe assenta nesta única e irrevogável premissa: porque sim. Sustentada pelos pilares da música e mistério, esta – vamos chamar-lhe – coisa rege-se pela intemporalidade categórica que é O Acaso, admitindo que todo o fortuito fruto que cai desta árvore não procura um particular significado. Cada um retira o que quiser.

O que realmente se pode inferir é que, mais do que tudo o que estas inócuas palavras possam significar, Sardinha Também É Peixe representa tudo menos compromisso – é o que for, quando der, se apetecer.

Esse é o compromisso.

Elementos:

  • André Barbosa – voz e guitarras
  • Nuno Tavares – Baixo
  • Tiago oliveira – Bateria

+ info: facebook e soundcloud 

 

Black Chakra

Os The Black Chakra são uma banda de rock, oriunda de São João da Madeira e formada em 2012. Imprimem complexidade melódica e estrutural na composição dos seus temas, convidando todos os que escutam a uma viagem intensa, impressiva e introspectiva pelo rock.

Elementos:

  • João Isidro – Voz, Guitarra
  • Marco Silva – Bateria, Percussão
  • Pedro Almeida – Baixo
  • Pedro Duarte – Guitarra

+ info:  facebook e bandcamp

rita lina

 

A Rita Lina apresenta-se como um colectivo musical economicamente inviável, oferecendo uma produtividade incrivelmente baixa o que deixa a sua sobrevivência, orgulhosamente, em risco (desde o movimento multifacetado da metrópole que raramente foram vistos fora d`horas). As suas melodias são uma variedade de maturação tardia, com elevada densidade, garante duma resistência adequada ao momento musical actual. O EP Tinto Cão evidencia a teimosia do Colectivo, visível no desequilíbrio imperfeito entre letras taninas, guitarras acídulas, baixos nutridos, baterias grossas e teclados suaves. Em palco pretende dar corpo a devaneios densos, sólidos e duradouros. Para melhor degustação auditiva, a Rita Lina aconselha a ingestão desmoderada de destilados artesanais.

Elementos:

  • Gustavo Bastos – Voz
  • Ricardo Silva – Baixo
  • Vítor Oliveira – Guitarra, teclas
  • Jorge Martins – Guitarra
  • Francisco Martins (aka Chico) – Bateria
  • Reis – Guitarra

+ info: Rita Lina

 

cartaz ecos rock 2017

Concerto – Projecto Altamente – Casa da Criatividade – 30 de Setembro – 21h 30m

Vai-se realizar no próximo dia 30 de Setembro um concerto, com o Projecto Altamente, na Casa da Criatividade, cujas receitas revertem a favor da nossa organização e favor da Serve The City.
Marca já na tua agenda o evento.

Sinopse:

Neste sermão está tudo em contramão!
“Vejo que tudo valeu a pena quando,pela força das canções e de amigos em torno delas, se torna possível alimentar pessoas famintas. Especialmente as que nem pão têm” (Tota).

(ALTA)MENTE é uma comunidade emergente, composta por uma nova geração de pessoas cristãs, artistas e não só que, através da música e de outras artes, procuram fazer a diferença de forma relevante no meio sociocultural onde se inserem. As palavras de Jesus presentes no Sermão do Monte foram o mote para as canções, e as canções para um disco que, juntamente com uma série de concertos, revertem integralmente para apoiar o Serve the City – associação sem fins lucrativos – que apoia pessoas socialmente fragilizadas.

Preços:

  • Cadeiras de Orquestra: e Plateia: 7,50€
  • 1.ª  e 2.ª Varanda – 5,00€
  • Crianças menores de 3 anos não pagam bilhetes.

Podem já comprar os bilhetes  aqui ou então fazer a pré reserva pelo email:  reservas.altamente@gmail.com 

Mais informações:

Ecos Urbanos: 256824532 e 969849744 | geral@ecosurbanos.pt | Avenida Dr. Renato Araújo, n.º 441, 1º piso – 3700-244 S. João da Madeira

Casa da Criatividade : 256 827 783  | 91 439 14 99 | casadacriatividade@cm-sjm.pt

cartaz-web-altamente-30-08-cc

Semana da Juventude 2016 – Apresentação do cartaz 

A Semana da Juventude de 2016, organizada pela nossa associação e pela Câmara Municipal de S. João da Madeira apresenta o cartaz para e presente edição

Vai acompanhando tudo na página oficial do facebook.

Destacamos todos os momentos pois serão momentos únicos.

Programa:

22/09 (quinta)

23/09 (sexta)

24/09 (Sábado)

  • 18hProjecto Cacos – Largo do Souto
  • 20h às 00hA Tónica vai com Todos – Praça Luís Ribeiro
  • 20h às 00h – Espaço Infantil – Praça Luís Ribeiro
  • 20h 30m às 21h 30mConcertina e Violoncelo – percurso itinerante
  • 22h – Concerto Pedro Abrunhosa – Casa da Criatividade – entrada paga
  • 22h às 23h – A Condessa – Espaço T – Praça Luís Ribeiro
  • 23h às 00h 30m –  Concerto Os Ursos – Praça Luís Ribeiro
  • 00h 30m – DJ Set

cartaz-final

Semana da Juventude vai realizar-se de 22 a 24 de Setembro.

Dinamizada pela Associação de Jovens Ecos Urbanos em parceria com o município, é uma semana destinada à juventude com um programa de actividades, entre concertos, workshops, teatro, dança, cinema, artes visuais e performativas e animação infanto-juvenil.

As actividades têm entrada livre e são definidas numa lógica de envolvimento de toda a comunidade, procurando a diferença, inovação e a conquista de novos públicos através de propostas na área das artes, cultura e desporto.

Estamos a programar.

Mais informações em breve.

 

semana-juventude-2016