Tag: CENTRO COMUNITÁRIO

CAMPANHA ECOS DIGITAIS E FUNDAÇÃO AGEAS ENTREGAM 3 COMPUTADORES PORTÁTEIS

A Associação de Jovens Ecos Urbanos lançou, em abril de 2020, a Campanha Ecos Digitais, em parceria com a Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira,  cujo o principal objectivo foi o de angariar computadores para doar às crianças e jovens, económica e socialmente vulneráveis, em idade escolar até aos 18 anos, acompanhados/as quer pelo nosso Centro Comunitário e integradas nas diversas oficinas decorrentes da nossa actividade nomeadamente no âmbito do Projeto Habitus, quer pela Santa Casa da Misericórdia, nomeadamente ao nível do Centro Comunitário Porta Aberta, Trilho – Unidade de Apoio a Toxicodependentes e Seropositivos e Centro de Acolhimento Temporário.

No seguimento da nossa campanha e na sequência de uma parceria estabelecida com o Fundação AGEAS – Agir com Coração, no âmbito do seu Plano de Emergência Social de Apoio ao Estudo e Inclusão Digital, e com o apoio da Altice e Dell, foram entregues/doados, no passado dia 14 de abril, nas nossas instalações, 3 computadores portáteis novos e 3 hotspots, a 3 jovens estudantes, do 3.º ciclo e ensino secundário, com a presença de um voluntário da Fundação AGEAS. 

Estamos certos que este gesto fará a diferença na vida destes jovens, pois  garante o acesso à educação, minimiza situações de exclusão e promove a inclusão social.

CENTRO COMUNITÁRIO ECOS URBANOS COMEMORA O DIA INTERNACIONAL DO LIVRO INFANTIL  – 02 DE ABRIL 2021

O Centro Comunitário Ecos Urbanos decidiu este ano comemorar o Dia Internacional do Livro Infantil, que se comemora, hoje 02 de Abril.

Esta iniciativa pretende essencialmente estimular o gosto pela leitura das crianças das famílias acompanhadas pela nossa instituição, como forma de desenvolvimento das suas competências sociais e pessoais.

Realizámos uma recolha de livros infantis e contámos com a participação de 15 doadores/as que nos entregaram um total de 480 livros.

As 79 crianças, dos 3 aos 12 anos, receberam em suas casas a visita da nossa equipa. Entregámos os livros de acordo com a faixa etária, e oferecemos um separador de livros com a frase, ” Ler é sonhar de olhos abertos”,  do autor Sérgio Cordeiro.

Deixamos um agradecimento muito especial a todas as pessoas que doaram os livros e que permitiram assim concretizar mais esta iniciativa.

Pode encontrar na nossa página do facebook algumas fotos desses momentos.

ECOS URBANOS – CAMPANHA APADRINHE ESTA IDEIA

O relançamento da Campanha de Angariação de Fundos para Apadrinhamento de Famílias Economicamente Vulneráveis, vem no seguimento de um aumento muito significativo de pedidos de apoio que chegaram ao nosso Centro Comunitário.

Terminámos o ano de 2020 com 289 processos familiares acompanhados, mais 145 processos familiares relativamente ao ano de 2019, representando estes um total de 547 pessoas.

Considerando o estado atual de pandemia por COVID-19 deixaram de se realizar algumas iniciativas, que contribuíam de forma decisiva para a nossa capacidade de resposta no apoio às famílias económica e socialmente vulneráveis.

Apesar do enorme esforço institucional e do reforço do apoio do poder local, sabemos que não teremos a capacidade de responder positivamente às solicitações de todas as pessoas.

Queremos mobilizar a comunidade para que, através do nosso trabalho, possam efetivamente desenvolver gestos verdadeiramente solidários que previnam situações de pobreza e exclusão social.

A Campanha Apadrinhe Esta Ideia, pretende garantir o acesso à alimentação (saudável e variada e como Direito Humano fundamental), à saúde (farmácia), à educação (material escolar), à habitação (despesas de água, luz e gás), à cultura (saídas culturais – seguro e bilhetes), às famílias economicamente vulneráveis, de forma regular ou pontual.

Como posso apadrinhar ?

Poderá apadrinhar uma família específica com um apoio mensal (duração semestral ou anual), através de um valor proporcional à dimensão do agregado. Pode ainda doar para o apoio geral que atribuímos sem especificar uma família em concreto.

Posso criar uma rede de apoio, entre várias pessoas, para apadrinhar uma família?

Sim, o objetivo é apelar à mobilidade da comunidade fomentando um espírito de entreajuda e solidariedade, pelo que todas as formas de associação são possíveis para se formar como padrinho/madrinha.

Vou ter acesso a informação de como o meu donativo foi aplicado?

Sim, as informações, sempre salvaguardando o anonimato da família, serão dadas. Nos apoios pontuais, a informação será dada aquando da sua aplicação.

Se a família se autonomizar, o que fazem com a contribuição do(a) padrinho/madrinha?

O padrinho/madrinha será contactado(a) e convidado(a) a apadrinhar outra família.

Passam recibo dos donativos que recebem?

Sim. Passamos recibo dos valores recebidos, para que as pessoas em nome individual e empresas possam beneficiar das respetivas deduções à coleta.

Como posso apadrinhar uma família?

Nesta fase pode contactar a instituição por telefone (256824532 e 969849744), email (geral@ecosurbanos.pt), das 9h às 13h e das 14h às 17h 30m, para receber mais informações e/ou realizar o seu apadrinhamento.

Poderá realizar o donativo através de transferência bancária: IBAN: PT50 0018 000803113619020 25, enviando comprovativo por email: geral@ecosurbanos.pt

Contribua. Faça a diferença!

IMPORTANTE: No caso de não ter interesse em atribuir ou disponibilizar nenhuma verba monetária estamos disponíveis para receber donativos em espécie, isto é, géneros alimentares, podendo estes serem perecíveis ou não, uma vez que temos capacidade instalada de armazenamento. 

CENTRO COMUNITÁRIO ECOS URBANOS – APOIO PEDAGÓGICO

A Associação de Jovens Ecos Urbanos através do trabalho realizado pelo Centro Comunitário tem identificado ao longo dos anos algumas necessidades de crianças e jovens no que concerne à sua actividade escolar, nomeadamente no que concerne a algumas dificuldades de aprendizagem.

Acreditamos que a Educação é um factor chave do desenvolvimento pessoal e de integração profissional contribuindo ainda para minimizar as desigualdades sociais que tantas vezes encerram uma manutenção da exclusão social e consequentemente a incapacidade de ultrapassar ciclos menos favoráveis de integração.

Através da participação de pessoas voluntárias temos conseguido responder a algumas dessas necessidades que se manifestaram mais prementes agora neste período de confinamento e de ensino à distância.

O Apoio Pedagógico, que funciona neta fase apenas online, é exclusivamente direcionado para as crianças e jovens de famílias acompanhadas pelo nosso centro comunitário, com o apoio de voluntário(a)s que estabelecem uma regularidade de apoio individualizado.

Atualmente ultrapassámos as 15 crianças e jovens apoiado(a)s e através do voluntariado e continuaremos a tentar responder a novas solicitações. Quem estiver interessado(a) em dar apoio pode contactar de forma a obter as informações necessárias.

Informações: 256824532 e 969849744 e geral@ecosurbanos.pt 

OFICINA DE AUDIOVISUAIS – NÓS, FRAME POR FRAME

A arte da imagem aliada às ferramentas digitais tem-nos dados uma capacidade e a versatilidade criativa sem fronteiras. O processo criativo que nos ajuda a transformar conceitos e imaginários, precisa ser conduzido, alimentado e pensado e é essa a base desta formação, criar um pensamento artístico focando em temas fundamentais para o(a)s jovens participantes, jovens provenientes das famílias social e economicamente vulneráveis, acompanhadas pelo nosso Centro Comunitário Ecos Urbanos.

Partimos daquilo que os move para observar o seu microcosmo e daí fazer uma reflexão sobre o mundo onde vivem, através de todos os processos que envolvem a produção de filme. Vão ter a experiência de aprender a fazer uma curta metragem de raiz – desde a criação da história, filmagens, edição, até à estreia.
Vamos fazer filmes?

Esta oficina, gratuita para jovens dos 12 aos 18 anos, iniciou em Dezembro e irá decorrer às segundas feiras, das 18h 30m ás 20h, agora em formato online e conta com o apoio do IPDJ, IP, através do Programa de Apoio ao Associativismo Jovem (PAJ – Apoios Pontuais),

A oficina tem a orientação de: Vanessa Fernandes e Ivo Reis

ECOS URBANOS LANÇAM CARTAS AO PAI NATAL 2020

Queres dar mais magia a este Natal? Realiza o desejo de uma criança do nosso Centro Comunitário, apadrinhando uma carta ao Pai Natal.  Porque a Alegria e a Esperança fazem parte do nosso trabalho!

O QUE SÃO AS CARTAS AO PAI NATAL?
As Cartas ao Pai Natal têm como principal objetivo mobilizar a comunidade na concretização dos sonhos de Natal das crianças de famílias acompanhadas pelo nosso Centro Comunitário. É um momento único para as crianças e de partilha e solidariedade para os padrinhos e madrinhas.

DESCRIÇÃO
As crianças das famílias acompanhadas pelo Centro Comunitário Ecos Urbanos são convidadas a escrever a sua carta ao Pai Natal. Este ano serão remetidas preferencialmente via email para: cartasaopainatal@ecosurbanos.pt,  e quem não conseguir poderá deixar a sua carta na nossa caixa de correio. Posteriormente estas cartas serão divulgadas na página Facebook da Associação de Jovens Ecos Urbanos, a fim de serem apadrinhadas, o quer dizer que a(s) pessoa(s) irão satisfazer o pedido de presente(s) de natal da criança.
Depois de serem apadrinhadas, os padrinhos/madrinhas, são contactos através de mensagem privada onde receberão todas as informações para o apadrinhamento.

As pessoas interessadas podem juntar-se a outras de forma a apadrinharem uma ou mais cartas. Desafiamos também os padrinhos e as madrinhas a valorizar os produtos nacionais assim como o comércio tradicional.

As prendas podem ser remetidas, preferencialmente, via correio, para Associação de Jovens Ecos Urbanos, Avenida Dr. Renato Araújo, n.º 441, 1º piso, 3700-244 São João da Madeira, com a identificação do remetente, bem como do número da carta apadrinhada.

Para quem não conseguir proceder ao envio das prendas, poderá entregar na associação, sita na Casa das Associações – Avenida Dr. Renato Araújo, 1º piso, n.º 441 (ao lado Centro Coordenador de Transportes), entre as 09h e as 12h 30m e das 14h às 18h, com nome da criança e número da carta que apadrinhou.

Este ano não iremos realizar a tradicional festa para a entrega dos presentes mas estamos a estudar a melhor maneira de entregar os presentes a todas as crianças de forma igualmente especial.

COMO POSSO APADRINHAR UMA CARTA?
As cartas estarão disponíveis para apadrinhamento na nossa página do Facebook. Para apadrinhar uma carta, deve comentar na própria imagem “EU QUERO SER PADRINHO/MADRINHA DESTA CARTA”.

No caso de várias pessoas quererem apadrinhar a mesma carta, a escolha do padrinho ou da madrinha será feita pela ordem de receção nos comentários.

Após apadrinhar a carta, nós confirmamos, através de mensagem privada, indicando o número da carta que deseja apadrinhar e o seu nome para que possamos bloquear a mesma no nosso sistema e esclarecer eventuais dúvidas que possam existir sobre o apadrinhamento.

FASES DAS CARTAS AO PAI NATAL
1) 12 a 20 de novembro: receção das Cartas ao Pai Natal;
2) 23 de novembro a 18 de dezembro: partilha das Cartas ao Pai Natal na página do Facebook da Associação de Jovens Ecos Urbanos para apadrinhamento;
3) até 18 de dezembro: receção das prendas dos padrinhos e madrinhas
4) a partir do dia 21 de dezembro serão entregues os presentes às crianças pela associação em modelo de acordo com as normas vigentes sem nunca esquecer a magia da época.

Estejam atento(a)s ao nosso Facebook a partir do dia 23 de novembro serão lançadas as primeiras cartas.

Realiza o desejo de uma criança do nosso Centro Comunitário, apadrinhando uma carta ao Pai Natal.
Porque a Alegria e a Esperança fazem parte do nosso trabalho!
Mais informações através dos nossos contactos:
geral@ecosurbanos.ptwww.ecosurbanos.pt  | www.facebook/ecos.urbanos
Telefones: 256824532 e 969849744

ECOS URBANOS – VERÃO NOS ECOS – AGOSTO

Este ano não podíamos passar sem realizar actividades de verão para as crianças e jovens, apesar da situação excepcional em que vivemos, por isso redesenhámos o nosso Campo de Férias, e reformulámos o nosso modelo de funcionamento.

O Verão nos Ecos – Agosto, funciona das 09h às 13h e das 14h às 18h, para cerca de 45 crianças e jovens, dos 6 aos 16 anos, provenientes das famílias acompanhadas ao nível do nosso Centro Comunitário Ecos Urbanos.

As actividades serão desenvolvidas quase exclusivamente no exterior, permitindo um contacto permanente com a natureza. Não é tempo de estarmos fechados dentro de uma qualquer sala, daí o mote “Diversão ao Ar Livre”

De 3 a 28 de Agosto podem acompanhar tudo o que acontece no nosso facebook.

Não podemos deixar de agradecer em primeiro lugar às famílias que confiaram em nós, à Câmara Municipal de S. João da Madeira, por todo o apoio disponibilizado, ao IPDJ, I.P., à Junta de Freguesia de S. João da Madeira, ao Agrupamento de Escolas João da Silva Correia, e ao Carlos Santos Fotografia.

ECOS URBANOS LANÇA CAMPANHA ECOS DIGITAIS 

A Associação de Jovens Ecos Urbanos apresenta a Campanha Ecos Digitais.
Para nós a educação é inclusão.  O grande objectivo é angariar computadores para os entregar às crianças e jovens, económica e socialmente vulneráveis, que são acompanhados pelo nosso Centro Comunitário e integradas nas diversas oficinas decorrentes da nossa actividade nomeadamente no âmbito do Projeto Habitus, onde estão também vários elementos de outras entidades do nosso concelho.

Um dos aspectos diferenciares deste projecto é que o material será doado aos utilizadores finais, sendo colocado um autocolante que irá identificar a doação.
A Santa Casa da Misericórdia S. João da Madeira é a entidade parceira, para dar resposta às necessidades das crianças e jovens, das respostas sociais do Centro Comunitário Porta Aberta, Trilho e Centro de Acolhimento Temporário (aqui os computadores serão preferencialmente portáteis).
Podem a qualquer momento integrar novas parcerias desde que se enquadrem nos objectivos do mesmo.
Aceitam-se doações de pessoas em nome individual, empresas ou entidades públicas. Os computadores, podem ser portáteis (preferencialmente) ou desktops, devendo estes estarem operacionais, evitando assim quaisquer custos para os utilizadores finais ou para as entidades envolvidas.  Se necessária alguma intervenção mínima nos equipamentos recorremos ao voluntariado de competências.
Quem pretender realizar a doação deve entrar em contacto com a instituição por email: geral@ecosurbanos.pt (Indicando o nome, contacto telefónico e material a ceder. Os dados serão apenas usados para o fim desta campanha), ou então por contacto telefónico para: 969849740.
Depois será combinada a melhor forma para fazer chegar o equipamento às crianças e jovens, sempre salvaguardando questões de segurança no âmbito da situação actualmente vivida.
Nas situações que não tenham acesso à internet pretende-se, mediante avaliação dos casos, angariar padrinhos/madrinhas para responder a essa necessidade. O(a) doador poderá fazer a aquisição directa e após articulação com a nossa associação fazer chegar o equipamento (exemplo: pen para ligação à internet)
Estes são também os objectivos com esta nossa campanha:
Angariar material informático funcional junto da comunidade
Doar o material informático às situações identificadas como prioritárias
Garantir o acesso à educação
Promover a inclusão e a igualdade de oportunidades
Minimizar a info exclusão e  exclusão social
Potenciar as relações de parceria com entidades da rede social
Promover o voluntariado de competências e intergeracional
Não sendo para substituir nenhuma das ações que possam ser promovidas por outras entidades é certamente A Campanha que pretende doar os equipamentos para assim garantir uma educação inclusiva promovendo a igualdade de oportunidades, prolongada no tempo.
Vamos transformar de forma positiva a vida destas crianças e jovens.
São necessários cerca de 40 computadores (preferencialmente portáteis), nesta fase de projecto e porque é para dar resposta a uma necessidade muito concreta, apoio escolar, contamos com o apoio de todo(a)s para atingir este objectivo.
Comunicaremos o ponto de situação semanalmente, nas nossas redes sociais, de forma a que também a comunidade se possa envolver e assim juntos afirmar mais uma vez que a solidariedade diminui as desigualdades.
Informações: (de segunda a sexta feira das 9h às 13h e das 14h ás 17h 30m)
Actualmente, e conforme aviso no nosso site, AQUI, estamos em teletrabalho.
Associaçao de Jovens Ecos Urbanos
Avenida Dr. Renato Araújo, n.º 441, 1.º piso
3700-244 S. João da Madeira
Telefone: 256824532;  969849744 e 969849740
email.: geral@ecosurbanos.pt