Cultura Conjunta vai ao Teatro – 22 de Março

Cultura Conjunta vai a Salreu – 25 de Fevereiro

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, continuam na organização das saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

A Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 22 de Março, ao Teatro Nacional S. João assistir à peça “Como ela Morre”.

Como Ela Morre, espectáculo que cruza os destinos do TNDM II e da companhia belga tg STAN, não por acaso dois lugares onde Tiago Rodrigues tem sido feliz, como diretor artístico do primeiro e colaborador regular da segunda. Anna é a “Ela” que mora no título e sabemos que vai morrer, que quer morrer: “Porque não apagar a vela se já não há nada para olhar?” Anna Karénina, a indisputada obra-prima de Lev Tolstoi, chega às mãos de Tiago Rodrigues três anos depois da controversa Madame Bovary de Gustave Flaubert. Na companhia de mais uma mulher bela, adúltera e suicida, o autor e encenador prossegue a sua reflexão em cena sobre os modos de transmissão das grandes obras do cânone literário ocidental. “Transmitir” é aqui como que um sinónimo de “reescrever” ou “traduzir”, ou seja, de produzir uma nova versão da morte de Anna, traduzindo-a para o aqui e agora do palco. Um ato de amor e de traição, como todas as tentativas de reconstituição de uma morte fictícia. Sabemos que Anna morre no capítulo XXXI da sétima parte do romance de Tolstoi. Mas como morre ela hoje, nas nossas mãos?

Programa:

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 17 de Março.
8,00€: 
inclui transporte, visita e seguro.

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849744| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-cultura-conjunta-22mar

Partilha: