Category: TINTA DE LIMÃO

ECOS URBANOS VENCE OS BAIRROS SAUDAVEIS COM O PROJECTO TINTA DE LIMÃO 

A Associação candidatou-se ao Programa Bairros Saudáveis que é um programa público, de natureza participativa, para melhoria das condições de saúde, bem estar e qualidade de vida em territórios vulneráveis de pequenas intervenções, através do apoio a projetos apresentados por associações, coletividades, organizações não governamentais, movimentos cívicos e organizações de moradores, em articulação com as autarquias, as autoridades de saúde ou demais entidades públicas. Este programa visa sobretudo dar algum poder, no sentido de “poder fazer”, a comunidades residentes e pessoas ou organizações intervenientes em territórios vulneráveis.

Das 774 candidaturas apresentadas, a nível nacional, 750 foram admitidas e apenas 232 foram aprovadas, tendo o nosso Projeto Tinta de Limão ficado em 158.º com um total de 79,5 pontos, nos resultados preliminares. Decorre agora o prazo legal de audiência prévia, sendo que depois serão apresentados os resultados finais.

Assim e considerando o trabalho já realizado por nós ao longo dos últimos anos, e com maior incidência nos últimos 3 anos com o Projeto Habitus, a candidatura com o Tinta de Limão pretende acima de tudo potenciar o nossa intervenção com as comunidades residentes nos complexos de habitação social do concelho, através de uma intervenção artística e social pluridisciplinar que responde às diferentes necessidades e interesses dos diferentes públicos-alvo.

O projeto visa a dinamização de várias oficinas de expressão artística (para crianças e jovens dos 6 aos 18 anos), um grupo de Mediação Jovem/Autarquia de Bairro (dos 12 aos 18 anos) e o desenvolvimento da Oficina das Emoções (dos 6 aos 12 anos), destinadas às crianças e jovens das comunidades.

Será desenvolvido ainda um grupo de Mediação Parental, na forma de Teatro Fórum (para crianças, jovens, adultos (população em idade ativa), mulheres, famílias, migrantes e pessoas com deficiência), e para a população idosa e pessoas no desemprego, um Clube Agulha e Dedal.

Não limitando a ação aos/às participantes diretos e de forma a valorizar o trabalho que vai sendo realizado, pretende-se dinamizar um evento final comum, como forma de dar corpo ao que foi desenvolvido ao longo dos 8 meses de execução do projeto.

Para que seja possível concretizar este projeto, que terá no território do Complexo de Habitação Social de Fundo de Vila/ Orreiro o seu foco, e iniciar já no mês de Maio de 2021, contamos com uma rede de parcerias locais, fundamentais para o seu sucesso, nomeadamente: a Câmara Municipal de S. João da Madeira, a Habitar S. João, E.M. o Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira, o Clube de Tricô do Orreiro, o Agrupamento de Escolas Dr. Serafim Leite e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira.