Category: PROJECTOS

ECOS URBANOS LANÇAM CARTAS AO PAI NATAL 2020

Queres dar mais magia a este Natal? Realiza o desejo de uma criança do nosso Centro Comunitário, apadrinhando uma carta ao Pai Natal.  Porque a Alegria e a Esperança fazem parte do nosso trabalho!

O QUE SÃO AS CARTAS AO PAI NATAL?
As Cartas ao Pai Natal têm como principal objetivo mobilizar a comunidade na concretização dos sonhos de Natal das crianças de famílias acompanhadas pelo nosso Centro Comunitário. É um momento único para as crianças e de partilha e solidariedade para os padrinhos e madrinhas.

DESCRIÇÃO
As crianças das famílias acompanhadas pelo Centro Comunitário Ecos Urbanos são convidadas a escrever a sua carta ao Pai Natal. Este ano serão remetidas preferencialmente via email para: cartasaopainatal@ecosurbanos.pt,  e quem não conseguir poderá deixar a sua carta na nossa caixa de correio. Posteriormente estas cartas serão divulgadas na página Facebook da Associação de Jovens Ecos Urbanos, a fim de serem apadrinhadas, o quer dizer que a(s) pessoa(s) irão satisfazer o pedido de presente(s) de natal da criança.
Depois de serem apadrinhadas, os padrinhos/madrinhas, são contactos através de mensagem privada onde receberão todas as informações para o apadrinhamento.

As pessoas interessadas podem juntar-se a outras de forma a apadrinharem uma ou mais cartas. Desafiamos também os padrinhos e as madrinhas a valorizar os produtos nacionais assim como o comércio tradicional.

As prendas podem ser remetidas, preferencialmente, via correio, para Associação de Jovens Ecos Urbanos, Avenida Dr. Renato Araújo, n.º 441, 1º piso, 3700-244 São João da Madeira, com a identificação do remetente, bem como do número da carta apadrinhada.

Para quem não conseguir proceder ao envio das prendas, poderá entregar na associação, sita na Casa das Associações – Avenida Dr. Renato Araújo, 1º piso, n.º 441 (ao lado Centro Coordenador de Transportes), entre as 09h e as 12h 30m e das 14h às 18h, com nome da criança e número da carta que apadrinhou.

Este ano não iremos realizar a tradicional festa para a entrega dos presentes mas estamos a estudar a melhor maneira de entregar os presentes a todas as crianças de forma igualmente especial.

COMO POSSO APADRINHAR UMA CARTA?
As cartas estarão disponíveis para apadrinhamento na nossa página do Facebook. Para apadrinhar uma carta, deve comentar na própria imagem “EU QUERO SER PADRINHO/MADRINHA DESTA CARTA”.

No caso de várias pessoas quererem apadrinhar a mesma carta, a escolha do padrinho ou da madrinha será feita pela ordem de receção nos comentários.

Após apadrinhar a carta, nós confirmamos, através de mensagem privada, indicando o número da carta que deseja apadrinhar e o seu nome para que possamos bloquear a mesma no nosso sistema e esclarecer eventuais dúvidas que possam existir sobre o apadrinhamento.

FASES DAS CARTAS AO PAI NATAL
1) 12 a 20 de novembro: receção das Cartas ao Pai Natal;
2) 23 de novembro a 18 de dezembro: partilha das Cartas ao Pai Natal na página do Facebook da Associação de Jovens Ecos Urbanos para apadrinhamento;
3) até 18 de dezembro: receção das prendas dos padrinhos e madrinhas
4) a partir do dia 21 de dezembro serão entregues os presentes às crianças pela associação em modelo de acordo com as normas vigentes sem nunca esquecer a magia da época.

Estejam atento(a)s ao nosso Facebook a partir do dia 23 de novembro serão lançadas as primeiras cartas.

Realiza o desejo de uma criança do nosso Centro Comunitário, apadrinhando uma carta ao Pai Natal.
Porque a Alegria e a Esperança fazem parte do nosso trabalho!
Mais informações através dos nossos contactos:
geral@ecosurbanos.ptwww.ecosurbanos.pt  | www.facebook/ecos.urbanos
Telefones: 256824532 e 969849744

ECOS URBANOS LANÇA ECOS DE FUTURO – ACREDITA EM TI, É POSSÍVEL ALCANÇAR SONHOS.

A 20 de Setembro de 1997 a Associação de Jovens Ecos Urbanos foi fundada. Guiados por Luísa Maria Marques Pinto Fernandes, um grupo de jovens pensou num espaço que ainda não existia em S. João da Madeira: um sítio onde os jovens pudessem ser jovens, onde as suas artes tivessem uma montra, onde se pudessem encontrar e em conjunto fazer algo maior do que a soma de todas as partes.

Era uma vez, uma luz que brilhava. Brilhava tão alto que subiu aos corações de muitos… Era o teu espaço, o teu momento, a tua oportunidade de agir, de falar e gritar bem alto: “EU SOU JOVEM”!!!
E um dia, cheio de sol, com outros jovens… apresentou a ideia, o projeto e eis que teve nome, e o seu nome era: “SÍTIO”. Este sítio é o espaço para a malta estar, conversar, jogar, conviver. Um Sítio para te expressares, desbundares, pintares, seres o outro “tu”, seres tu mesmo. Um Sítio para olhar e ver, para ler e sonhar, onde não estar calado e falar, ou cantar… um Sítio de matrizes cor-de-rosa e cores doadas para criar e participar. Uma lufada de vento numa noite de Verão, as cores do teu encantamento.
Era o “futuro feito presente” e “é um projecto sério que começa a dar provas disso!”, a “lufada de ar fresco no marasmo…” – O SÍTIO era e é. Bate nos corações da cidade, com ritmos, cores e sons que vibram para o mundo saber que afinal…
O TEU ESPAÇO EXISTE!!!
” – Luísa Maria Marques Pinto Fernandes

A par desse momento de génese, a 22 de Junho de 2002 foi celebrada a assinatura de Acordo de Cooperação Atípico – entre Instituto de Solidariedade e Segurança Social – Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Aveiro e a Associação de Jovens Ecos Urbano, para a resposta social de Centro Comunitário.

Estes são dois dos momentos marcantes da nossa história, em que o sonho esteve presente e continua presente em tudo a que nos propomos a concretizar.

Este ano devido à situação atual de pandemia decidimos comemorar o 23.º Aniversário da Associação de Jovens Ecos Urbanos, de uma forma diferente, sem nunca esquecer a transversalidade da nossa intervenção no território de S. João da Madeira.

Decidimos que é tempo de fazer acontecer sonhos junto daquele(a)s que são acompanhado(a)s pelo nosso Centro Comunitário, daí lançarmos este novo projeto – ECOS DE FUTURO – ACREDITA EM TI, É POSSÍVEL ALCANÇAR SONHOS.

É um apoio que será atribuído pela Associação de Jovens Ecos urbanos, a um(a) jovem acompanhado pelo Centro Comunitário, que integre no próximo letivo (2021/2022),  o ensino superior público, em Portugal Continental.

O apoio será no pagamento anual da bolsa de estudo no ensino público, sendo que será prolongado até à finalização do curso mediante avaliação anual com critérios definidos e conhecidos.

Para o efeito será apresentado o Regulamento brevemente.

Pretendemos com este apoio; Promover a igualdade de oportunidades; Garantir o acesso à educação de forma integral; Promover a Inclusão Social; Estimular a participação cívica e solidária; Incrementar o associativismo juvenil; Mobilizar a comunidade para a solidariedade social.

Os Ecos Urbanos acreditam no imenso valor dos nosso(a)s jovens e, por isso, este é um gesto que sabemos que vai fazer a diferença na vida de alguém.

SEMANA DA JUVENTUDE 2020 – DE 11 A 13 DE SETEMBRO

A Semana da Juventude de S. João da Madeira, organizada pela Associação de Jovens Ecos Urbanos e a Câmara Municipal de S. João da Madeira, com o apoio do IPDJ, I.P. e com uma série parcerias locais, está também ela condicionadas segundo as normas da Protecção Civil e da DGS.

Esta ano todas as atividades necessitam de inscrição prévia online, de 2 a 10 de setembro, ou no Parque a partir das 15h do dia 11 setembro. Todas as atividades foram pensadas para garantir a segurança e a diversão de todos, sem idades.

A Semana da Juventude arranca com uma actividade pré programa, no dia 10 de setembro no Auditório do Museu da Chapelaria, para uma conversa sobre Os Desafios do Associativismo Jovem, às 21h, com a Federação Nacional de Associações Juvenis (FNAJ), Federação de Associações Juvenis do Distrito de Aveiro (FAJDA), a Câmara Municipal de S. João da Madeira e todas as associações jovens de S. João da Madeira, os Ecos Urbanos, a Associação Cultural Luís Lima (ACLL) e a Associação de Promoção da Juventude (APROJ).

Nos dias 11,12 e 13 de setembro acontece no Parque do Rio Ul as restantes actividades, conforme podem confirmar no programa,

Queremos fazer piqueniques ao som de música, teatro, desporto, cinema, oásis cinematográficos, projetos inspiradores para partilhar e muita natureza para usufruir. Fica o convite para visitar o Parque do Rio Ul e participar nas propostas da Semana da Juventude, com tempo para ver, ouvir, ficar, fazer, estar, sentir e partilhar.

INFORMAÇÕES GERAIS: Todas as atividades são gratuitas. É necessária inscrição prévia – lotação limitada em cada atividade. Siga as recomendações da Direção-Geral da Saúde.  Em caso de chuva a programação será alterada.

Mais informações: telefone: 256824532 e 969849744

Para a inscrição é necessário, o nome, data de nascimento, contacto telefónico e email. Pedimos se no caso de não puder comparecer por favor contacte-nos pelos números aqui referidos ou através do email: semanadajuventude@ecosurbanos.pt

Inscrições AQUI

Todo o programa AQUI

(actualizado a 08 de setembro 2020)

SEMANA DA JUVENTUDE 2020

CONCURSO DE FACHADAS DE 17 DE AGOSTO A 9 DE SETEMBRO

Este ano, a Semana da Juventude de S. João da Madeira quer envolver toda a cidade de flores. Desta vez, o concurso Fachadas Floridas, na sua 3.ª edição, quer envolver a Juventude, o comércio e condomínios inteiros num impulso de criatividade, natureza e cor.

O concurso é organizado pela Associação de Jovens Ecos Urbanos, com o apoio da Câmara Municipal, Junta de Freguesia e da Associação Comercial de S. João da Madeira.

Espreita o regulamento aqui e inscreve-te online aqui. Há prémios para as 4 categorias a concurso!

Caso prefiras inscrever-te presencialmente, dirige-te à Associação de Jovens Ecos Urbanos sita na Casa das Associações, n.º 441, 1º andar ou à Biblioteca de Fundo de Vila, de 24 a 28 de agosto, das 10h às 12 e das 14h às 17h, e levanta logo os teus vasos de flores ou plantas aromáticas e inspira-te!

ECOS URBANOS LANÇA CAMPANHA ECOS DIGITAIS 

A Associação de Jovens Ecos Urbanos apresenta a Campanha Ecos Digitais.
Para nós a educação é inclusão.  O grande objectivo é angariar computadores para os entregar às crianças e jovens, económica e socialmente vulneráveis, que são acompanhados pelo nosso Centro Comunitário e integradas nas diversas oficinas decorrentes da nossa actividade nomeadamente no âmbito do Projeto Habitus, onde estão também vários elementos de outras entidades do nosso concelho.

Um dos aspectos diferenciares deste projecto é que o material será doado aos utilizadores finais, sendo colocado um autocolante que irá identificar a doação.
A Santa Casa da Misericórdia S. João da Madeira é a entidade parceira, para dar resposta às necessidades das crianças e jovens, das respostas sociais do Centro Comunitário Porta Aberta, Trilho e Centro de Acolhimento Temporário (aqui os computadores serão preferencialmente portáteis).
Podem a qualquer momento integrar novas parcerias desde que se enquadrem nos objectivos do mesmo.
Aceitam-se doações de pessoas em nome individual, empresas ou entidades públicas. Os computadores, podem ser portáteis (preferencialmente) ou desktops, devendo estes estarem operacionais, evitando assim quaisquer custos para os utilizadores finais ou para as entidades envolvidas.  Se necessária alguma intervenção mínima nos equipamentos recorremos ao voluntariado de competências.
Quem pretender realizar a doação deve entrar em contacto com a instituição por email: geral@ecosurbanos.pt (Indicando o nome, contacto telefónico e material a ceder. Os dados serão apenas usados para o fim desta campanha), ou então por contacto telefónico para: 969849740.
Depois será combinada a melhor forma para fazer chegar o equipamento às crianças e jovens, sempre salvaguardando questões de segurança no âmbito da situação actualmente vivida.
Nas situações que não tenham acesso à internet pretende-se, mediante avaliação dos casos, angariar padrinhos/madrinhas para responder a essa necessidade. O(a) doador poderá fazer a aquisição directa e após articulação com a nossa associação fazer chegar o equipamento (exemplo: pen para ligação à internet)
Estes são também os objectivos com esta nossa campanha:
Angariar material informático funcional junto da comunidade
Doar o material informático às situações identificadas como prioritárias
Garantir o acesso à educação
Promover a inclusão e a igualdade de oportunidades
Minimizar a info exclusão e  exclusão social
Potenciar as relações de parceria com entidades da rede social
Promover o voluntariado de competências e intergeracional
Não sendo para substituir nenhuma das ações que possam ser promovidas por outras entidades é certamente A Campanha que pretende doar os equipamentos para assim garantir uma educação inclusiva promovendo a igualdade de oportunidades, prolongada no tempo.
Vamos transformar de forma positiva a vida destas crianças e jovens.
São necessários cerca de 40 computadores (preferencialmente portáteis), nesta fase de projecto e porque é para dar resposta a uma necessidade muito concreta, apoio escolar, contamos com o apoio de todo(a)s para atingir este objectivo.
Comunicaremos o ponto de situação semanalmente, nas nossas redes sociais, de forma a que também a comunidade se possa envolver e assim juntos afirmar mais uma vez que a solidariedade diminui as desigualdades.
Informações: (de segunda a sexta feira das 9h às 13h e das 14h ás 17h 30m)
Actualmente, e conforme aviso no nosso site, AQUI, estamos em teletrabalho.
Associaçao de Jovens Ecos Urbanos
Avenida Dr. Renato Araújo, n.º 441, 1.º piso
3700-244 S. João da Madeira
Telefone: 256824532;  969849744 e 969849740
email.: geral@ecosurbanos.pt

POESIA NA CORDA, DE 3 A 21 DE MARÇO, NUM ESTENDAL PERTO DE SI

A Poesia na Corda, trata-se de um concurso aberto à comunidade, que desafia a criatividade de todo(a)s, e conta com a organização da Associação de Jovens Ecos Urbanos e da Biblioteca Municipal de S. João da Madeira, e está integrado na programação geral da Poesia à Mesa.
O concurso decorre de 3 a 21 de Março e os poemas podem ser pendurados nos estendais da Praça Luís Ribeiro, como vem sendo habitual, mas também numa surpreendente cúpula geodésica, no Centro Comercial 8.ª Avenida.

Poderão também enviar os vossos poemas originais para geral@ecosurbanos.pt com o assunto: POESIA NA CORDA 2020. 

Podem concorrer:
– Criança – até aos 12 anos
– Jovens – dos 12 aos 25 anos
– Adultos – mais de 25 anos

Os temas desta edição são:
– Ambiente
– Amor
– Indústria e Comunidade
– Outros

O(a)s interessado(a)s em participar neste concurso, que decorre de 2 a 21 de Março, podem saber mais clicando em Regulamento do Concurso “Poesia na Corda” 2020.
Pode também descarregar o flyer AQUI e colocar no estendal ou entregar na associação.
Anunciamos desde já que no dia 17 de Abri, às 18h, será a cerimónia de entrega dos prémios.

CULTURA CONJUNTA VAI ÀS QUINTAS DE LEITURA, A 16 DE JANEIRO, NO PORTO

A Cultura Conjunta é um projecto em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, que conta com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira, e tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída será para assistir às Quintas de Leitura, no próximo dia  16 de Janeiro, no Rivoli (Grande Auditório), no Porto.  A entidade convidada, desta saída, é o Centro Humanitário da Cruz Vermelha de S. João da Madeira.

SINOPSE: 
Numa sessão solidária em que a poesia dá palavras ao coração, o Rivoli, impante nos seus 88 anos, abre-nos as portas e mostra-nos o lento caminho do Amor, da Liberdade e do Futuro. Juntam-se a nós muitos artistas, bêbados dos sentidos, fundindo artes e afetos, e afirmando no palco que “a poesia tem sempre a primeira e a última palavra, e essa será decisiva”. O perfume da Palavra, no gesto genuíno e simples dos seguintes magos:
Valter Hugo Mãe
Alexandre Duarte
Ana Celeste Ferreira
Teresa Coutinho
Isaque Ferreira
Paulo Campos dos Reis
Pedro Lamares
Paulo Ansiães Monteiro (PAM),
Lavoisier (Patrícia Relvas/voz e Roberto Afonso/guitarra) e
Samuel Úria.

A saída é às 21h nas traseiras do Centro Coordenador de Transportes e a hora de chegada prevista é às 24h.

A inscrição é limitada e o valor é de 5€ (incluí transporte, entrada e seguro), até dia 13 de Janeiro, para maiores de 16 anos.

Para mais informações: telefones: 256 824 532 e 969 849 736 (segunda a sexta das 09h 30m às 17h 30m) | geral@ecosurbanos.pt

CULTURA CONJUNTA VAI A ÍLHAVO A 14 DE DEZEMBRO

A Cultura Conjunta é um projecto em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, que conta com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira, e tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída será para assistir à peça, Histórias Suspensas, co-produzida pela Associação Cultural Radar 360.º e pelo Teatro Maria Matos , na Casa Cultura Ílhavo, no próximo dia  14 de Dezembro, integrado na programação do Projecto Cultural do Município de Ílhavo – 23 Milhas.  A entidade convidada, desta saída, é a CERCI S. João da Madeira

SINOPSE:

Imaginamos três narradores de histórias. O corpo e a voz saltam para dentro das histórias, agindo e reagindo através de voos, voltas e reviravoltas. Criam-se desvios que nos levam a outras pequenas histórias. A ideia de suspensão acontece na ação e no enredo, que surpreende a cada momento. O Tempo nas histórias, ou pára ou passa muito rápido. Aqui suspende-se no olhar de quem assiste e partilha esta aventura. O que vem a seguir? O projeto Histórias Suspensas criou um volume que, às vezes, se confunde com uma casa ou um armário. Aqui, guardam-se segredos. As portas vão-se abrindo e fechando, expondo e ocultando, personagens e situações. Neste armário de fabricar sonhos, as possibilidades são infinitas e o limite é a própria imaginação

A saída é às 15h nas traseiras do Centro Coordenador de Transportes e a hora de chegada prevista é às 18h 30m.

A inscrição é limitada e o valor é de 4€ (incluí transporte, entrada e seguro), até dia 11 de Dezembro, para maiores de 16 anos.

Para mais informações: telefones: 256 824 532 e 969 849 736 (segunda a sexta das 09h 30m às 17h 30m) | geral@ecosurbanos.pt