Category: CULTURA CONJUNTA

CULTURA CONJUNTA NO IMAGINARIUS A 24 DE MAIO, NA FEIRA

O Imaginarius – Festival Internacional de Teatro de Rua de Santa Maria da Feira é o maior evento de Artes de Rua realizado em Portugal e uma referência internacional. Acontece anualmente, durante três dias, no mês de Maio, e este ano vai decorrer de 23 a 25 (programa).

O Festival aposta, desde 2001, nas grandes produções internacionais e no desenvolvimento de criações originais para apresentação em estreia na sua programação, dando espaço à experimentação e à imaginação dos criadores locais.

O Imaginarius integra atualmente a rota europeia das Artes de Rua, seja pela sua presença na Circostrada Network, seja por um conjunto de parcerias com outros festivais e projetos de criação, que contribuem para a afirmação de Santa Maria da Feira como capital portuguesa das Artes de Rua.

A Cultura Conjunta é um projecto em parceria com a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, e agora também com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira, e tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura. A próxima visita será Imaginarius no dia 24 de Maio e contará como entidade convidada o TRILHO – Unidade de Apoio a Toxicodependentes e Seropositivos.

A saída será às 20h nas traseiras do Centro Coordenador de Transportes e a hora de chegada prevista é às 00h.

A inscrição é limitada e gratuita (transporte e seguro), até dia 21 de Maio, para maiores de 16 anos.

Para mais informações contacte: telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 736 (segunda a sexta das 09h 30m às 17h 30m) | email: geral@ecosurbanos.pt

 

 

ECOS URBANOS NO PIQUENIQUE MUSICAL, EM VIANA DO CASTELO A 07 DE ABRIL

A Cultura Conjunta, projecto em parceria com Junta de Freguesia de S. João da Madeira conta também com o apoio da Câmara Municipal de S. João da Madeira. Este projecto tem como principal objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é já dia 07 de Abril estando as inscrições abertas até dia 04 de Abril.
Depois de uma primeira experiência bem sucedida em 2018, a Música Portuguesa A Gostar Dela Própria irá realizar um novo piquenique dedicado à música nacional, que decorrerá no próximo dia 7 de abril, no Parque da Cidade de Viana do Castelo.
O piquenique é no Parque da cidade, tem um café e casas de banho; tem relva e não tem mesas, a autarquia oferece rojões com batata e caldo verde.
A AGFAM (Associação dos Grupos Folclóricos do Alto Minho) terá 2 tendinhas para vender comida simples da região (bolinhos de bacalhau, pataniscas, sardinhas, rabanadas, etc.) e bebida.
Não haverá louça de plástico. Cada um(a) deve trazer forma de poder comer.

Programa: 
Saída às 10h, traseiras do Centro Coordenador de Transportes
Chegada prevista a S. João da Madeira às 16h
Entidade Convidada: Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira – Casa de Repouso
Inscrição gratuita
Maiores de 16 anos

Mais informações contacte: 
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

CULTURA CONJUNTA TEM PASSA-PORTE – TEATRO DOCUMENTAL (COMPANHIA HOTEL EUROPA), PARA DIA 02 DE MARÇO, EM SEVER DE VOUGA

A Cultura Conjunta, projecto dos Ecos Urbanos em parceria com a  Junta de Freguesia de S. João da Madeira, tem como principal objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é dia 02 de Março, ao Centro das Artes e do Espectáculo, em Sever de Vouga, para ver o espectáculo de teatro, Passa-Porte – Teatro Documental (Companhia Hotel Europa)

Inscrições abertas até dia 28 de Fevereiro.

Sinopse:
Passa-Porte é um espetáculo de teatro documental que reflete sobre o fim do colonialismo português e as suas consequências na vida das pessoas que chegaram a Portugal e da forma como foram recebidas; reflete sobre a condição de refugiado ao retratar a situação das pessoas que chegaram de África anos 70, olhando também em particular para os Africanos que chegaram das antigas colónias portuguesas e a quem foi negado um passaporte português, sendo forçados a viver como emigrantes.
É uma viagem feita através de testemunhos reais pela histórica recente em Portugal.

Programa:
20h 30m: saída de S. João da Madeira, em frente à Câmara Municipal
00h: chegada prevista a S. João da Madeira

Inscrição: 5€ (inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos
Duração prevista: 90m
Entidade convidada: Centro Humanitário da Cruz Vermelha de S. João da Madeira

Mais informações:
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

CULTURA CONJUNTA VISITA CIRCOLANDO, NO DIA 22 DE FEVEREIRO, EM AVEIRO

A Cultura Conjunta, projecto dos Ecos Urbanos em parceria com a  Junta de Freguesia de S. João da Madeira, tem como principal objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é dia 22 de Fevereiro, ao Teatro Aveirense, para ver o espectáculo de teatro, Clarão, da companhia Circolando. Inscrições abertas até dia 20 de Fevereiro.

Sinopse:
Desenvolver uma reflexão sobre a ideia de ritual a partir do Serapeum de Panóias foi o desafio-convite na origem do projeto.
Complexo arqueológico de grande singularidade, situado nos arredores de Vila Real, Panóias é um intrigante espaço ligado aos inícios do sagrado. Quisemos relevar as dimensões transversais a todos os tempos e lugares, tendo encontrado no núcleo dos seus rituais as eternas e incontornáveis questões sobre os mistérios da morte e da luz.
Pedra, ar, sangue, cinzas, espectros, fantasmagorias, incubação de sonhos, clarões… Interessa-nos muito aprofundar este tempo dos princípios dos deuses, as visões panteístas e outras versões do sagrado difuso.
O projeto tem uma forte dimensão transdisciplinar e conta com a participação de um grupo da comunidade local.

Programa:
20h 30m: saída de S. João da Madeira, em frente à Câmara Municipal
00h: chegada prevista a S. João da Madeira

Inscrição: 5€ (inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos
Duração prevista: 1h 30m
Entidade convidada: Santa Casa da Misericórdia de S. João da Madeira

Mais informações:
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

ECOS URBANOS NO ENCONTRO LITERÁRIO, EM MATOSINHOS, A 09 DE DEZEMBRO

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é já dia 09 de Dezembro estando as inscrições abertas até dia 05 de Dezembro.

O escritor Gonçalo M. Tavares é um dos convidados do Encontro Literário “Entre Casas” que vai decorrer na Casa de Chá da Boa Nova, em Leça da Palmeira, no próximo domingo, dia 9 de dezembro, a partir das 18h00.

Acompanham o poeta e romancista português os brasileiros Agnaldo Farias, professor de Arquitetura da Universidade de São Paulo e o poeta Eucanaã Ferraz, professor de Literatura Brasileira na Universidade Federal do Rio de Janeiro  e consultor de literatura do Instituto Moreira Salles.

O encontro literário, que vai explorar as pontes entre a literatura e a arquitetura, está integrado no Programa Paralelo da Exposição “Infinito Vão – 90 Anos de Arquitetura Brasileira” patente na Casa da Arquitectura até 28 de abril de 2019.

Programa:

  • Saída de S. João da Madeira, às 14h 15m, em frente à Câmara Municipal de S. João da Madeira
  • Chegada prevista a SJM às 19h 30m

Inscrição: 3€* (Inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos

Mais informações contacte: 
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

Cultura Conjunta vai ao Leme a Ílhavo, a 30 de Novembro

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima saída é já no dia 30 de Novembro estando as inscrições abertas até dia 27 de Novembro.

O LEME explora as novas linguagens do circo contemporâneo e da criação artística para espaços não convencionais, em Ílhavo e na Gafanha da Nazaré. Com uma programação que cria novas dinâmicas e novos públicos para Ílhavo, o LEME parte da tradição ilhavense e constrói uma nova narrativa em que o circo contemporâneo dita as coordenadas. O circo contemporâneo desafia os limites.

Programa:

  • Saída de S. João da Madeira, às 20h 30m, em frente à antiga junta de freguesia.
  • Chegada prevista a SJM às 00h

Inscrição: 4€* (Inclui bilhete, transporte e seguro)
Maiores de 16 anos

Mais informações contacte: 
Telefone: 256 824 532 | Telemóvel: 969 849 744 (segunda a sexta das 14h às 19h) | email: geral@ecosurbanos.pt

Cultura Conjunta vai ao FIMO, em Ovar, a 9 de Junho

A 12.ª edição do Festival Internacional de Marionetas de Ovar (FIMO) conta este ano com os britânicos “Men is Coats” que trarão a Ovar um número hilariante, reconhecido internacionalmente, enquanto que Carolina Khoury vem de Itália para apresentar “The Ginodrama” que, certamente, fará as delícias do exigente público do FIMO.

Também pela primeira vez, o FIMO 2018 terá o seu programa OFF. O coordenador do certame, Nuno Pinto, explica que “o FIMOFF será inserido no festival que atingiu uma dimensão que o torna procurado por muitas outras companhias, artistas e organizações nacionais e estrangeiras que passam a ter uma oportunidade de ver os últimos trabalhos de companhias de referência”.

Outra estreia absoluta é a parceria do FIMO com a UDREAM, a primeira empresa júnior social que tem como principal objetivo acompanhar e realizar os sonhos de crianças que estão num estado de saúde frágil. Os espetáculos do FIMO estão agendados para os dias 8, 9 e 10 de Junho, em vários espaços da cidade de Ovar. Entre os instalados ao ar livre, inclui-se o Jardim do Cáster, a praça do chafariz de Neptuno, o Largo do Tribunal, a Capela de Santo António e o Parque Urbano, onde estão reservadas muitas surpresas.

A Cultura Conjunta, projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos, tem como objectivo a inclusão social através do acesso à cultura.

A próxima visita será à FIMO (VIDEO PROMOCIONAL), no dia 09 de Junho e contará como entidade convidada a Habitar S. João – Empresa Municipal de Habitação, E.M. 

A saída será às 14h 45m à frente da Junta de Freguesia e a hora de chegada prevista é às 19h 15m.

inscrição, no valor de 2€, incluiu transporte e seguro, deve ser realizada junto dos Ecos Urbanos até dia 5 de Junhomaiores de 16 anos.

Para mais informações contacte:

telefone: 256 824 532 | telemóvel: 969 849 736 (segunda a sexta das 14h às 19h)

email: geral@ecosurbanos.pt

cartaz _CulturaConjunta_09JUNHO_web

Cultura Conjunta descobre Castello Branco a 28 de Abril, em Ílhavo

Já ouviram o músico Castello Branco?  Venham descobrir uma sonoridade única de um cantor, compositor e instrumentista de música popular brasileira!

Pois bem, têm essa oportunidade já no próximo dia 28 de Abril, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré, em Ílhavo, integrado na programação do projecto de transformação cultural 23Milhas.

A saída será às 21h 15m, em frente à Junta de Freguesia de S. João da Madeira e a chegada está prevista para as 24h.

O valor de participação é de 5€, por pessoa, e inclui bilhete, transporte e seguro, com inscrição a terminar hoje, 26 Abril.

O concerto é para maiores de 16 anos.

O seu nome é Lucas e vive no piso da efervescência cada vez mais evidente da música brasileira.

Castello Branco cresceu num mosteiro, em Teresópolis, no Rio de Janeiro. As suas “mães” ensinaram-lhe o que era o amor e a necessidade de ser honesto nas questões que colocava a si mesmo e ao mundo. E é possível ouvi-lo nas suas músicas, de paciência e generosidade evidentes, como se palavras e acordes se aconchegassem como uma rede de descanso com a robustez de uma fortaleza.

Castello Branco começou a mostrar “Serviço” em 2014, disco em que assinou um conjunto de canções em que partiu dos ensinamentos da música tradicional brasileira para obter algo seu, com um olhar espiritual e curioso sobre o mundo.

Quatro anos depois chega “Sintoma”, um sinal de que Lucas começou a sofrer de “Ufolclore”, é ele que o diz, numa patologia que apresenta arranjos delicados e frequência meditativas.

“Sintoma” tem onze faixas que incluem parcerias com Tomás Tróia e Lôu Caldeira e duetos com Filipe Catto, Mãeana e Verónica Bonfim. Vai a análise no dia 28 de abril, na Fábrica das Ideias da Gafanha da Nazaré, com prognóstico muito pouco reservado.

As saídas culturais são uma projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos.

Para mais informações contacte: 256 824 532/969 849 736 |  geral@ecosurbanos.pt

cartaz_print

Cultura Conjunta visita Almada Negreiros no Porto a 11 de Março.

Já viu a exposição do Almada Negreiros no novo pavilhão do Museu Soares dos Reis?

Venha com a Cultura Conjunta ver a exposição do Almada, Desenho em Movimento ao Museu Soares dos Reis, domingo, dia 11, partimos de S. João da Madeira às 10h e regressamos às 12h 30m.

A exposição estará aberta ao público só mais uma semana. Inclui desenhos que estiveram na exposição da Gulbenkian e alguns inéditos. Reúne nove dezenas de trabalhos do artista português que estiveram na exposição Almada Negreiros. Uma Maneira de Ser Moderno que no ano passado ocupou vários espaços do Museu Gulbenkian. “Fascinado com a possibilidade de dar vida ao desenho e de o pôr em movimento, Almada teve a intenção por diversas vezes de experimentar a animação, mas não chegou a concretizar o seu desejo”, (comunicado da Fundação Calouste Gulbenkian).

Inscreva-se por 1,5€ na Associação de Jovens Ecos Urbanos para uma rica manhã de domingo! Inclui transporte e seguro.

As saídas culturais são uma projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos.

Para mais informações contacte: 256 824 532/969 849 736 |  geral@ecosurbanos.pt

cartaz-conjunta-marco-2018

 

CULTURA CONJUNTA VAI À CASA DA MÚSICA – 18 DE FEVEREIRO

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, apresentam mais uma saída do Projecto Cultura Conjunta, que consiste na organização das saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 18 de Fevereiro, à Casa da Música , para assistir à apresentação, por parte da Banda Sinfónica Portuguesa, de uma viagem por bandas sonoras de alguns filmes míticos da história cinema.

“…. África Minha é um clássico do cinema que nos fez apaixonar irremediavelmente por África e por toda a sua natureza selvagem. “…, a música de John Williams para Guerra das Estrelas terá sido escrita sem que o compositor tivesse sequer visto a saga.

Num programa centrado em arranjos e composições de Johan de Meij, Via Claudia leva-nos em viagem pelos Alpes, começando numa noite de nevoeiro perto de Veneza até ao vislumbre do Sol no cume da montanha.

Este concerto dedicado ao cinema encerra com uma homenagem ao lendário Federico Fellini, captando a atmosfera surrealista e sonhadora dos filmes do realizador italiano.”

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 14 de Fevereiro, para maiores de 16 anos.
7,00€: 
inclui transporte, visita e seguro.

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849736| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-conjunta-fevereiro2018