Category: CENTRO COMUNITÁRIO ECOS URBANOS

Os Ecos Urbanos apresentam o projeto Fundição de Memórias – Labirinto Sensorial no Hat Weekend Festival – 20 a 22 de Julho

Este é um projeto (apresentação) que abarca uma proposta ímpar de um coletivo de artistas e será uma obra de diálogo envolvente, pois poderá experimentar um percurso sensorial criado para sentir e que pode ser visitado no Largo da PT que fica na Rua Padre Oliveira (rua dos bares)

Podem fazer a inscrição no Labirinto, para isso, deverão enviar email com o assunto: LABIRINTO – RESERVA, para geral@ecosurbanos.pt ou ligar para 256824532 e 969849744, identificando o nome, contacto e preferência de horário. Atenção que devido às condições especiais de funcionamento existe um número limite de 15 pessoas, sendo que após esse número ficarão em lista de espera, para o caso de desistências. A duração é de cerca 15m e é para todas as idades.

Horários para marcações:

Dia 20 – Sexta feira
21h e 21h 15m
22h e 22h 15m

Dia 21 – Sábado 
17h e 17h 15m
18h e 18h 15m
19h e 19h 15m
20h30 e 20h 45m
21h30 e 21h e 45
22h30 e 22h 45m

Dia 22, Domingo: 
15h e 15h 15m
16h e 16h 15m
17h e 17h 15m

Queremos deixar um enorme agradecimento a todas as pessoas que estiveram e estão envolvidas neste projecto.

Artistas Convidados (Criação Coletiva)

Artista Visual, Instalação: Celeste Cerqueira

Produção Têxtil: Daniela Duarte

Arte Pública: Paulina Almeida

Fotografia /Arte Comunitária: Paulo Pimenta

Arquitetura: Margarida Marques

Música: João Gil Ferreira e Carla Barata

Coreografia e Direção Grupo de Dança Criativa – Ecos Urbanos: Helena Oliveira

Desenho de Luz: Marcelo Ribeiro

Instalação, som: Marcelo Ribeiro e Diogo Filipe

Realização (documentário): Vanessa Fernandes

Registo audiovisual: Francisco Barros

Eletricidade, cúpula geodésica: Joaquim de Sousa

Plano de segurança: Álvaro Gouveia

Design 3D, cúpula geodésica: Pasquale Tedesco

Montagem e Apoio à Produção: Ana Sofia Correia, Ana Raquel Costa Assunção, Ana Rita Silva, Jéssica Costa, João Carlos Andrade, Lara Lagoa Pinho, Marta Filipa Correia, Pasquale Tedesco, Raquel Azevedo Costa, Ylenia Pignari

Ecos Urbanos: Direção de Produção: Maria João Leite

Grupos de trabalho:

Grupo de Tricô do Orreiro: Margarida Garrido – Anabela Ferreira, Assunção Cardoso, Cesária Costa, Conceição Pereira, Fernanda Ferreira, Irene Alves, Margarida Teles, Marilisa Magalhães, Nair Pinho, Rosa Martins, Sara Anjos

Grupo de Dança Criativa dos Ecos Urbanos: Helena Oliveira – Ana Raquel Cardoso, Carina Pinho, Carolina Alferes, Carolina Santos, Hugo Fidalgo, Infante Alferes, Ivanna Hortiz, Leonor Silva, Lígia Sá, Marta Correia, Natacha Henriques, Luana Pinho, Viviana Cardoso.

Coro dos Pequenos Cantores: João Neves – Vanessa Santos, Diana Gomes, Emily, Bernardo Fonseca, Mariana Barata, Maria Barata, Mafalda, Rita Marques, Francisca Brás, Martim, Diogo Neves.

Oficina de Artistas – Ecos Urbanos:  Mariana Amorim & Inês Guedes –  Ana Pereira, Carolina Santos, Dinis Ferreira, Francisca Monteiro, Gabriela Mateus, Helena Lopes, Joana Araújo, Joana Henriques, Laura Martinez, Leandro Rodrigo, Lee Humphrey, Mafalda Bastos, Mariana Fonseca, Matilde Neto, Patrícia Lopes, Pedro Ribeiro

Arte do Som: Carla Barata e João Gil – Ana Carolina Sousa, Carolina Campos, Carolina Resende, David Pessegueiro, Diogo Cruz, Diogo Neves, Júlia Lima, Filipa Pinto, Francisca Abelheira, João Maria, Laura Ribeiro, Maria Santos, Mariana Rocha, Vasco Teixeira, Verónica Pinho

Habitar – Grupo de Apoio ao Estudo da Mourisca: Liliana Fernandes – David, Diana, Diogo, Irina Coelho, Leonor, Marcos, Sandra Sá

AGRADECIMENTOS

Banco Local de Voluntariado de S. João da Madeira: Andrea Oliveira, Alice Pinho, Ana Rita Silva, Ana Raquel Costa Assunção, Jéssica Costa, Ana Sofia Correia, Lara Lagoa Pinho, Marta Filipa Correia, Raquel Azevedo Costa, João Carlos Andrade
Bulhosas: Sílvio Bulhosa, Hugo Costa
Cartonagem TrindadePedro Ventura, Pedro Silva, Jorge Garcia
Cei – Zipor: Álvaro Gouveia, Joaquim Sousa, Pedro Sousa
Câmara Municipal de S. João da Madeira: Suzana Menezes, Catarina Pereira, Arquiteta Marisel Pinho, Arquiteto Milheiro, Divisão Operacional e Logística: Sr. Jaime, Vitor Silva, Vitorino Silva, Sr. Manuel, Paulo, Marco Paulo, Alberto Vieira, Filipe, Zé Carlos, Sr. Norberto, Sr. Joaquim; Sr. José.
Cooperativa Agrícola de Sta. Mª Feira e SJM: Sr. Pinheiro
Associação de Jovens Ecos Urbanos: Ana Rita Pereira, Carlos Silva, Andrea Oliveira, Alice Sousa, Belmira Melo, Sara Pereira, Inês Bastos, Rosalina Gonçalves, Pedro Vieira, Ana Margarida Oliveira, Mariana Azevedo, Filomena Tavares
Feltrando: Filomena
Fepsa: Ricardo Figueiredo, Joana Oliveira, António Resende
Habitar S. João: Margarida Garrido, Liliana Fernandes, Prof. Joana
Heliotextil: Paula Pacheco, Liliana, Fátima
Limpária: António Martins
Maginas: Sr. Durbalino
Matersom: Sr. Cardoso
Museu da Chapelaria: Suzana Menezes, Joana Galhano
Neptúlia: Arnaldo
Oliva Creative Factory: Carla Relva, Filomena Moutinho
Picoven: Sr. António, Sr. Duarte, Sónia Pinheiro, Toni
Placatex: Joaquim Teixeira
Taberna do Zé: Silvério
Turismo Industrial: Alexandra Alves, Diana, Natália
Viarco: José Vieira
Easycópia: Vitor
Moldura Rápida: Álvaro Moura
Bombeiros Voluntários de S. João da Madeira: Comandante Normando

Podem consultar todo o projecto AQUI

Os Ecos Urbanos apresentam o projeto Fundição de Memórias – Labirinto Sensorial no Hat Weekend Festival – 20 a 22 de Julho

Este é um projeto que abarca uma proposta ímpar de um coletivo de artistas e será uma obra de diálogo envolvente, pois poderá experimentar um percurso sensorial criado para sentir e que pode ser visitado no Largo da PT que fica na Rua Padre Oliveira (rua dos bares)

Lançámos diferentes questões a um grupo multidisciplinar que construiu, com diferentes grupos da comunidade, habitares para descobrir…
Como nos podemos conhecer através do universo dos sentidos?
Como o universo da chapelaria desde o seu fabrico à sua forma é multissensorial e capaz de nos transportar a outro tempo?
Como será perder-se no labirinto e imaginar encontrar-se com lugares que não existem?
Como é uma experiência onde a música possa ser a “porta” das nossas emoções?
Como é que o cheiro se torna visível?
Qual é a relação do chapéu com a água?
Será que vemos ou observamos? A que velocidade?
Venha descobrir connosco!

Podem desde já fazer a inscrição no Labirinto, para isso, deverão enviar email com o assunto: LABIRINTO – RESERVA, para geral@ecosurbanos.pt ou ligar para 256824532 e 969849744, identificando o nome, contacto e preferência de horário.

Uma vez que o Labirinto tem condições especiais de funcionamento só conseguimos receber um número limitado de pessoas em simultâneo, pelo que estão garantidas as primeiras 15 pessoas que se inscreverem, sendo que após esse número ficarão em lista de espera, para o caso de desistências.

Horários para marcações:

Dia 20 – Sexta feira
21h e 21h 15m
22h e 22h 15m

Dia 21 – Sábado 
17h e 17h 15m
18h e 18h 15m
19h e 19h 15m
20h30 e 20h 45m
21h30 e 21h e 45
22h30 e 22h 45m

Dia 22, Domingo: 
15h e 15h 15m
16h e 16h 15m
17h e 17h 15m

Duração da visita: cerca de 30m

Idades: todas as idades.

VERÃO NOS ECOS – JULHO E AGOSTO – INSCRIÇÕES

A Associação de Jovens Ecos Urbanos tem abertas as inscrições para as crianças e jovens dos 6 e 18 anos para ocupação dos tempos livres nas férias de verão. Vão ser dois meses com idas à piscina, praia, desportos diversos, ateliês diferentes, jogos e muita animação!

Julho: 02 a 31

  • Horário: das 14h às 18h
  • Sócios: 30€/mês; 20€/quinzena e 10€/semana
  • Não sócios: 50€/mês; 40€/quinzena e 30€/semana
  • Irmãos têm um desconto de 15%
  • Beneficiários do escalão  A – participação gratuita *
  • Beneficiários do escalão B – pagamento do seguro * (15,00€)

Agosto: 01 a 31

  • Horário: das 09h às 18h.
  • Sócios: 110€/mês; 70€/quinzena e 40€/semana
  • Não sócios: 130€/mês; 85€/quinzena e 55€/semana
  • Irmãos têm um desconto de 15%
  • Acampamento 10€
  • Beneficiários do escalão  A – participação gratuita *
  • Beneficiários do escalão B – pagamento do seguro * (15,00€)

*Crianças e jovens residentes em S. João da Madeira

Para seres sócio(a) da associação o valor é de 6€/ano até aos 18 anos!

Mais informações:

  • Avenida Dr. Renato Araújo, n.º 441, 1º piso – 3700-244 S. João da Madeira
  • Serviços administrativos: 2ª a 6ª feira das 09h às 12h 30m e das 13h 30m às 17h 30m
  • Telefones: 256824532 e 969849744 e email: geral@ecosurbanos.pt 

VERÃO NOS ECOS – JULHO E AGOSTO – CANDIDATURAS PARA MONITORA(E)S ATÉ 18 DE JUNHO

Estamos a preparar as nossas actividades de Verão, Verão nos Ecos e queremos integrar monitore(a)s dinâmico(a)s e com grande motivação para trabalhar com crianças e jovens dos 6 aos 18 anos, nos meses de Julho e Agosto.

Envia o teu currículo até dia 18 de Junho, para geral@ecosurbanos.pt , com a referência: MONITOR(A)EU2018, indicando a tua disponibilidade para os meses de Julho e/ou Agosto.

Funções a desempenhar:

  • Preparação e dinamização de actividades artísticas, lúdicas e desportivas para crianças e jovens dos 6 aos 18 anos.
  • Gestão de grupos e espaços para as mesmas;
  • Acompanhamento atento e personalizado a cada criança/ jovem do grupo (faixa etária) a que ficará responsável.
  • Acompanhamento das crianças nas deslocações a efetuar entre os diferentes locais de atividades.

Perfil:

  • Maiores de 18 anos (preferencialmente com experiência com crianças/jovens)
  • Espírito jovem;
  • Sentido de responsabilidade;
  • Dinamismo;
  • Facilidade de interação com diversos públicos;
  • Capacidade comunicativa;
  • Noções de Primeiros Socorros;
  • Trabalho em equipa.

Oferta

  • Bom ambiente de trabalho;
  • Formação específica;
  • Remuneração à hora

Se pretenderes mais alguma informação adicional contacta-nos através dos seguintes números: 256824532 e 969849744, de segunda a sexta feira, das 10h 30m às 12h 30m e das 14h às 19h ou por email: geral@ecosurbanos.pt 

monitores

ECOS URBANOS NO BAZAR DE PRIMAVERA DA OLIVA CREATIVE FACTORY, A 19 DE MAIO 

O Oliva Bazar Primavera é um espaço de convergência criativa e de lazer, onde diversos projetos na área do design, moda, cosmética, joalharia, acessórios e outros são convidados a promover o seu talento e a qualidade dos seus produtos.

Os Ecos Urbanos vão estar presentes com a dinamização de um Bazar Solidário e com a Oficina de Animação de Rua

SOBRE O BAZAR SOLIDÁRIO

O nosso Centro Comunitário, vai estar presente no Bazar de Oliva Bazar Primavera no dia 19 de Maio, das 10h 30m às 19h. Estaremos na nossa entrada a receber os géneros alimentares e produtos de higiene pessoal e habitacional.

  • Géneros Alimentares: azeite, leite, massas, enlatados, arroz, leguminosas, bolachas, cereais, café/cevada.
  • Produtos de Higiene Pessoal: pasta de dentes, escovas de dentes, desodorizante, gel de banho, shampoo
  • Produtos de Higiene Habitacional: detergente roupa, detergente Loiça, amaciadores.

Poderá também adquirir vales que serão convertidos em géneros alimentares.

Venha visitar o Oliva Bazar Primavera e deixe a sua marca solidária.

OFICINA DE ANIMAÇÃO DE RUA

Estaremos também presentes com a nossa Oficina de Animação de Rua, das 10h 30m às 12h 30m.  As cores da Primavera serão o mote para a construção de balões e pinturas faciais.

logo cc ecos oficina-animacao-rua_normal

 

Cultura Conjunta visita Almada Negreiros no Porto a 11 de Março.

Já viu a exposição do Almada Negreiros no novo pavilhão do Museu Soares dos Reis?

Venha com a Cultura Conjunta ver a exposição do Almada, Desenho em Movimento ao Museu Soares dos Reis, domingo, dia 11, partimos de S. João da Madeira às 10h e regressamos às 12h 30m.

A exposição estará aberta ao público só mais uma semana. Inclui desenhos que estiveram na exposição da Gulbenkian e alguns inéditos. Reúne nove dezenas de trabalhos do artista português que estiveram na exposição Almada Negreiros. Uma Maneira de Ser Moderno que no ano passado ocupou vários espaços do Museu Gulbenkian. “Fascinado com a possibilidade de dar vida ao desenho e de o pôr em movimento, Almada teve a intenção por diversas vezes de experimentar a animação, mas não chegou a concretizar o seu desejo”, (comunicado da Fundação Calouste Gulbenkian).

Inscreva-se por 1,5€ na Associação de Jovens Ecos Urbanos para uma rica manhã de domingo! Inclui transporte e seguro.

As saídas culturais são uma projecto da Junta de Freguesia de S. João da Madeira e da Associação de Jovens Ecos Urbanos.

Para mais informações contacte: 256 824 532/969 849 736 |  geral@ecosurbanos.pt

cartaz-conjunta-marco-2018

 

CULTURA CONJUNTA VAI À AMAZÓNIA – 26 DE JANEIRO

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, arrancam mais um ano com  o Projecto Cultura Conjunta que consiste na organização das saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 26 de Janeiro, ao Teatro Rivoli do Porto, assistir à peça de Teatro “Amazónia“.

“O planeta precisa, as pessoas interessam-se, é ético, é urgente, vai ter audiências. Como não faria sentido tratar de um tema ecológico sem ser ecológico, a concretização deste espetáculo vai obedecer a princípios rigorosos de poupança de matéria-prima.”

“O espectáculo implica 3 narrativas – a longa História dos empreendimentos levados a cabo na Amazónia, a história do grupo de artistas que vai para a Amazónia fazer uma novela ecológica, e o enredo da novela –, mas elas vão misturar-se…”

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 24 de Janeiro, para maiores de 16 anos.
5,00€: 
inclui transporte, visita e seguro.

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849736| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-conjunta-janeiro2018

 

Cultura Conjunta vai ao Imaginarius – 26 de Maio

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, continuam na organização das saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

A Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 26 de Maio, ao Imaginarius.

O Imaginarius integra atualmente a rota europeia das Artes de Rua, seja pela sua presença na Circostrada Network, seja por um conjunto de parcerias com outros festivais e projetos de criação, que contribuem para a afirmação de Santa Maria da Feira como capital portuguesa das Artes de Rua.

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 23 de Maio.
2,00€: 
inclui transporte, visita e seguro.

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849744| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-conjunta-maio

Campanha Apadrinhe Esta Ideia

Relançamento da Campanha de Angariação de Fundos para Apadrinhamento de Famílias Economicamente Vulneráveis, para garantir o acesso a a alimentação, saúde (farmácia), educação (material escolar), habitação (despesas de água, luz e gás), cultura (saídas culturais – seguro e bilhetes), a famílias economicamente vulneráveis, de forma regular ou pontual.

Como posso apadrinhar ?

Poderá apadrinhar uma família específica com um apoio mensal (duração semestral ou anual), através de um valor proporcional à dimensão do agregado.

Posso criar uma rede de apoio, entre várias pessoas, para apadrinhar uma família?

Sim, o objetivo é apelar à mobilidade da comunidade fomentando um espírito de entreajuda, pelo que todas as formas de associação são possíveis para se formar como padrinho/madrinha.

Vou ter acesso a informação de como o meu donativo foi aplicado?

Sim, as informações, sempre salvaguardando o anonimato da família, serão dadas trimestralmente. Nos apoios pontuais, a informação será dada aquando da sua aplicação.

Se a família se autonomizar o que fazem com a contribuição do(a) padrinho/madrinha?

O padrinho/madrinha será contactado(a) e convidado(a) a apadrinhar outra família.

Passam recibo dos donativos que recebem?

Sim. Passamos recibo dos valores recebidos e as pessoas em nome individual e empresas podem beneficiar das respetivas deduções à coleta.

Como posso apadrinhar uma família?

Pode contactar a instituição por telefone, email ou dirigir-se pessoalmente às nossas instalações, de segunda a sexta feira, das 9h às 13h e das 14h às 17h 30m, para receber mais informações e/ou realizar o seu apadrinhamento.

Poderá realizar o donativo através de transferência bancária: IBAN: PT50 0018 000803113619020 25

Contribua. Faça a diferença!

cartaz-apadrinhe-esta-ideia

Cultura Conjunta vai a Salreu – 25 de Fevereiro

Os Ecos Urbanos e a Junta de Freguesia de S. João da Madeira, continuam a organizar e promover as saídas culturais, com o objectivo de aproximar os sanjoanenses à cultura estimulando assim à inclusão social.

A Cultura Conjunta vai realizar a sua próxima saída no dia 25 de Fevereiro, à BIORIA, com um percurso pedestre na natureza.

Percurso de Salreu

Descrição:

O percurso de Salreu é de natureza circular, tendo o seu início e término junto ao Centro de Interpretação Ambiental do Bioria. É um percurso de 8 km, que atravessa áreas de enorme beleza paisagística, como campos de arroz, sapais, juncais e caniçais.

A presença do Rio Antuã e do Esteiro de Salreu, ligados por uma rede de valas, permite a comunicação entre todos os habitats, justificando os elevados índices de biodiversidade existentes.

Programa:

  • 09h 20m: Encontro em frente à Junta de Freguesia de S. João da Madeira
  • 09h 30m: Partida para Salreu
  • 12h 30m: Regresso a S. João da Madeira.

Inscrições abertas e limitadas, máximo de 15 pessoas, até dia 22 de Fevereiro
2,5€: 
inclui transporte, visita e seguro.

(utilização de um veículo elétrico no caso de pessoas com mobilidade reduzida)

Mais informações:
2ª a 6ª feira das 09h às 13h e das 14h às 19h
telefones: 
256824532 | 969849744| geral@ecosurbanos.pt. 

cartaz-cultura-conjunta-25fev