A NOSSA HISTÓRIA

1997
Guiado por Luísa Maria Marques Pinto Fernandes, um grupo de jovens pensou num espaço que ainda não existia em S. João da Madeira. Um sítio onde os jovens pudessem ser jovens, onde as suas artes tivessem uma montra, onde se pudessem encontrar e em conjunto fazer algo maior do que a soma de todas as partes.

Era uma vez, uma luz que brilhava. Brilhava tão alto que subiu aos corações de muitos… Era o teu espaço, o teu momento, a tua oportunidade de agir, de falar e gritar bem alto: “EU SOU JOVEM”!!!
E um dia, cheio de sol, com outros jovens… apresentou a ideia, o projeto e eis que teve nome, e o seu nome era: “SÍTIO”. Este sítio é o espaço para a malta estar, conversar, jogar, conviver. Um Sítio para te expressares, desbundares, pintares, seres o outro “tu”, seres tu mesmo. Um Sítio para olhar e ver, para ler e sonhar, onde não estar calado e falar, ou cantar… um Sítio de matrizes cor-de-rosa e cores doadas para criar e participar. Uma lufada de vento numa noite de Verão, as cores do teu encantamento.
Era o “futuro feito presente” e “é um projecto sério que começa a dar provas disso!”, a “lufada de ar fresco no marasmo…” – O SÍTIO era e é. Bate nos corações da cidade, com ritmos, cores e sons que vibram para o mundo saber que afinal…
O TEU ESPAÇO EXISTE!!!

Luísa Maria Marques Pinto Fernandes

As reuniões sempre muito participadas mostraram à comunidade que algo de novo estava a surgir. Num desses encontros, surgiu o nome: “Associação de Jovens Ecos Urbanos – O Sítio”. Surgiram também diversas dificuldades e só a dedicação dos jovens, da fundadora e de outras vozes que a estas se juntaram, foi possível concretizar o sonho de todos.

20 de Setembro de 1997
Abertura do Espaço da Associação de Jovens Ecos Urbanos

30 de Setembro de 1998
Publicado em Diário da República a constituição da Associação de Jovens – Ecos Urbanos

25 de Maio de 1999
Publicado em Diário da República o registo de Instituição Particular de Solidariedade Social e Pessoa Coletiva de Utilidade Pública

18 de Maio de 2000
Assinatura de Protocolo entre o Centro Regional de Segurança Social do Centro – Serviço Sub-Regional de Aveiro e a Associação de Jovens Ecos Urbanos, para o desenvolvimento de atividades e serviços de promoção, integração social do indivíduo e famílias em comunidade, estimulando a participação ativa e privilegiando o trabalho em rede – Resposta Social – Intervenção Comunitária

22 de Junho de 2002
Assinatura de Acordo de Cooperação Atípico – entre Instituto de Solidariedade e Segurança Social – Centro Distrital de Solidariedade e Segurança Social de Aveiro e a Associação de Jovens Ecos Urbanos – Resposta Social – Centro Comunitário

2002
Assinatura de Protocolo de Cedência de Instalações – Elemento Arquitetónico da Praça Luís Ribeiro, entre a Associação de Jovens Ecos Urbanos e a Câmara Municipal de S. João da Madeira

6 de Julho de 2009
Por despacho da secretária de Estado da Juventude e do Desporto, o Sítio foi reconhecido por Equiparação a Associação Juvenil pelo reconhecido mérito e importância social, que se tem renovado anualmente.

16 de Maio de 2012
Assinatura do Protocolo de Cedência de Instalações – 5º Andar da Casa das Associações, na Avenida Dr. Renato Araújo, entre a Associação de Jovens Ecos Urbanos e a Câmara Municipal de S. João da Madeira.

03 de Outubro de 2014
Assinatura do Protocolo de Colaboração, entre a Câmara Municipal de S. João da Madeira e a nossa associação, de disponibilização de uma sala na Oliva Creativ Factory.

29 de Julho de 2016
Assinatura do Protocolo de Cedência de Instalações – 1º Andar da Casa das Associações, na Avenida Dr. Renato Araújo, entre a Associação de Jovens Ecos Urbanos e a Câmara Municipal de S. João da Madeira.